INEP abre inscrição para trabalhar no ENEM 2020 como Certificador – Edital 64/2020

Ganhe até R$ 342,00 por dia para trabalhar no ENEM 2020 como certificador(a). Confira o edital INEP 64/2020.

Compartilhe esta postagem:

Inscrição para trabalhar como Certificador no ENEM 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio). O certame é regulamentado pelo edital 64 publicado pelo INEP (Instituto Educacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) no Diário Oficial da União (DOU).

O certificador tem a finalidade de fazer a observação in loco dos procedimentos de aplicação do ENEM 2020. Ou seja, o certificador trabalha num local de aplicação da prova do ENEM e verifica se todos os procedimentos estão sendo executados conforme normas e cronograma específico.

Veja também: Instituto abre 11 mil vagas em 22 cursos a distância

O certificador deverá repassar o relatório ao INEP em tempo real através do aplicativo em seu smartphone. Por isso, um dos requisitos para ser certificador é ter smartphone com acesso à internet. Veja abaixo os demais requisitos para ser certificador.

A jornada de trabalho do certificador é de 12 horas diária (08 da manhã ás 20 horas). A remuneração é de R$ 342,00 por dia de atuação. Se trabalhar os dois dias de prova do ENEM, receberá o dobro desse valor.

As provas do ENEM 2020 serão realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Portanto o certificador pode ser convocado para trabalhar em apenas um desses dias, ou nos dois dias.

Quer RECEBER no celular notícias de educação e concursos: então clique e participe do nosso Canal no App Telegram

Quem pode ser certificador do ENEM e como se inscrever

A inscrição pode ser feita no período a partir do dia 09 até 29 de setembro de 2020. O interessado deve se inscrever pela internet: no link disponível no final da matéria, ou pelo Aplicativo RNC (Rede Nacional de Certificadores). A saber: não será cobrada taxa de inscrição.

No entanto, para fazer inscrição e trabalhar como certificador do ENEM 2020 é necessário se enquadrar numa das duas regras principais abaixo:

  • Ser servidor(a) público federal efetivo e em exercício;
  • OU ser professor(a), em exercício, das redes públicas estaduais ou municipais, desde que esteja registrado no Censo Escolar 2019.

Contudo além de se enquadrar numa das regras acima, o Certificador não pode está inscrito no ENEM 2020 e nem ter parente de até terceiro grau inscrito; deve ter no mínimo o ensino médio; não deve ter vínculo com o processo logístico de distribuição da prova do ENEM; dentre outras normas.

A homologação da inscrição será feita mediante o cumprimento pelo candidato dos requisitos constantes no item 4 do edital. Consulte o edital completo disponível no link abaixo.

Links para os interessados em trabalhar como Certificador do ENEM 2020

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!