Curso de DIREITO a Distância (EaD): MEC inicia avaliação de oferta

Compartilhe esta postagem:

A oferta do curso de Direito na modalidade Educação a Distância começou a ser avaliada pelo Ministério da Educação (MEC), segundo publicou o jornal Valor Econômico na última terça-feira (20/08). Pelo menos cinco instituições de ensino, que estavam pedindo permissão para abrir esse tipo de graduação, receberam nos últimos dias comunicado do MEC.

Siga o Castro Digital nas Redes Sociais:

&nbspInstagram
&nbsp
&nbspFacebook
&nbsp
&nbspTwitter
&nbsp
&nbspWhatsApp .



Há mais de dez anos faculdades solicitam ao MEC a permissão para oferta do curso de Direito a distância. A demanda nunca foi atendida devido a uma pressão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Mas agora o MEC sinalizou positivamente e avalia a possibilidade da oferta do curso de Direito on line (a distância). O governo federal informou que os pedidos para oferta do curso a distância haviam sido pré-selecionados e que os respectivos campi receberam visitas de avaliadores.

Veja também

10 cursos superiores a DISTÂNCIA na área da SAÚDE

No entanto, semana passada, representantes da OAB estiveram reunidos com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, solicitando a suspensão de abertura de novas graduações em Direito, pelo prazo de cinco anos. Portanto, para quem sonha em fazer o curso de Direito a distância, ainda deve aguardar, por tempo indeterminado, o desenrolar da decisão por parte do MEC.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!