Preconceito religioso nas universidades: um caso frequente – Por Welyson Lima*

Compartilhe esta postagem:

Foi dito em outra matéria publicada aqui no Portal Castro Digital, pelo colunista que vos fala, que a Universidade não é lugar apenas e tão somente de aprendizado; mas também de debates e de troca de conhecimentos, sendo comum temas polêmicos serem discutidos, como por exemplo: homossexualismo, racismo, direitos das minorias sociais etc. Porém, quando o assunto se trata de fé e religião, na maioria das vezes não existe uma sensibilidade por parte, em especial, de alguns educadores…

COMPARTILHE NO FACEBOOK

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Já tem se tornado comum, o fato de que muitos estudantes de universidades brasileiras ainda sofrerem discriminações em virtude da religião a que frequenta. O que mais nos parece chocante é que essa intolerância religiosa parte justamente de alguns educadores, que para tratar do assunto sem ofender o aluno, parece uma missão quase que impossível…

No entanto, para o aluno que tem de suportar assédio moral, daqueles que deveriam ser os primeiros a combater esse tipo de preconceito (no caso os professores), essa situação é bastante constrangedora. Alguns educadores alegam que os alunos perdem o senso crítico e científico ao pertencer a qualquer que seja a denominação religiosa. Há casos em que alunos temem não concluir a graduação.

É necessário entendermos de uma vez por todas que a sociedade é atravessada pela pluralidade. Tem que se entender que as escolhas religiosas dentre outras, parte de cada um de nós e cabe aqui uma palavra-chave: “tolerância”. Tolerância seja ela religiosa, seja política, seja qualquer que seja.

_____________________

*Welyson Lima é licenciado em Letras pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Campus Bacabal.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!