ENEM via internet é a ideia do ministro da educação, Cid Gomes

Compartilhe esta postagem:

ENEM via internet, é a ideia apresentada pelo ministro da Educação do Brasil, Cid Gomes, na tarde desta terça-feira (13) em Brasília – DF, durante entrevista coletiva sobre o balanço da edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio.


Compartilhe no Facebook

Ele disse que vai apresentar à presidente Dilma Rousseff um projeto para criação de um sistema que permita a realização do Exame Nacional do Ensino Médio de forma remota, ou seja, um “Enem online”. “Devemos trabalhar com a tecnologia para poder ter o Enem o tempo inteiro, toda hora, todo dia. Podemos ter diversos locais pelos país com computadores e salas seguras. Para isso é preciso termos um grande banco de questões”, afirmou Gomes.

Atualmente o Enem é realizado uma vez por ano com provas presenciais aplicadas em todo o país durante dois dias consecutivos. Em 2014 foram 8,7 milhões de inscritos ao preço de R$ 52 por aluno, o que dá mais de R$ 450 milhões por edição.

“O Enem tem que contratar gráfica ultra especializada com 500 câmeras. Tem depois que contratar logística de segurança e distribuição. Depois aplicar tudo no mesmo dia, ter todos os cuidados com vazamento. Eu penso que é muito razoável evoluirmos para um sistema remoto, com salas seguras e vigiadas”, disse Cid Gomes.

QUESTÕES DO ENEM PODERÃO SER DE CONHECIMENTO PÚBLICO ATES DAS PROVAS SEREM APLICADAS

“Primeiro passo para isso é fazer um grande edital público para professores apresentarem perguntas para tivermos um banco de questões com mais de 8 mil itens. Não precisa ter cuidado, pode ficar aberto para consulta pública. Se aluno conseguir decorar 8 mil questões de matemática é um gênio”, declarou o ministro.

PROVAS DE CERTIFICAÇÃO PARA ÁREA DE TI SÃO APLICADAS VIA INTERNET

Embora para alguns a ideia do ministro seja um tanto absurda, ela não é novidade. Empresas de certificação na área de Tecnologia da Informação (TI) aplicam provas via internet. O candidato interessado na certificação pode fazer a prova em qualquer computador conectado à internet mas em caso de qualquer tipo de interferência humana ou de fatores alheios (por exemplo, queda de conexão com a internet, falta de energia elétrica, etc) a prova é cancelada e o candidato tem que pagar novamente para fazer o exame.

O sistema também dispõe de outros dispositivos de segurança para vigiar o candidato, como por exemplo, web câmeras que mostram o candidato em tempo real e sistema de vigilância para verificar se o candidato abre outro programa no computador, a não se o programa em que a prova é exibida.

APLICAÇÃO DE PROVAS DO ENEM É BEM MAIS COMPLEXA

Aplicar as provas do ENEM via internet é algo bem mais complexo e desafiador. Caso o projeto seja realmente implantado, requer muito estudo e testes para verificar e comprovar a eficácia do sigilo na hora da aplicação das provas.

E você, o que acha dessa ideia? Fique a vontade para comentar abaixo.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!