A versão piadista da presidente Dilma Rousseff: o brasileiro deve ser como o milho? – Por Cristiane Lopes*

Compartilhe esta postagem:

Eis que a nossa presidente reapareceu depois de dias!

Obviamente surge logo a esperança de quem ela venha com medidas urgentes para sanar os problemas hídricos, elétricos, econômicos e todos aqueles que são crônicos em nosso país.

No entanto, ela reaparece sancionando uma lei que estabelece a criação do DIA NACIONAL DO MILHO, que será comemorado no dia 24 de maio. Ainda inclusa nessa lei foram também sancionadas outras três datas comemorativas.

Compartilhe no Facebook

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Poxa, a comemoração do DIA NACIONAL DO MILHO será crucial na resolução dos problemas que assolam o país. Nossa, como nunca parei para analisar a capacidade do milho em resolver tudo?

Se bem que do jeito que ela é “Maria vai com o marqueteiro”, ele pode ter aconselhado né?

Afinal, política do pão e circo é passado, o lance agora é a política do milho! O salvador da pátria amada Brasil. E devemos considerar que talvez ela queira passar a mensagem de que o brasileiro deva ser como o milho, conforme descrito na imagem abaixo.

Dilma às vezes aparenta não ser formada em Economia, mas sim em Artes Cênicas e com certeza nesses dias de sumiço ela estava cursando mestrado em comédia, pois voltou engraçadinha.

Até agora estou levando o DIA DO MILHO como a piada do retorno, se bem que todo o mandato dela promete ser um stand-up comedy, o atual já tem tema definido: água, energia, impostos, corrupção… Milho neles!

Dizem que os brasileiros sabem rir da própria desgraça, então é melhor aprenderem a rir da desgraça que elegeram…

_________________________

*Cristiane Lopes é acadêmica de Pedagogia no campus de Bacabal da Universidade Estadual do Maranhão.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 Comentários

  1. QUIMERA disse:

    Aconselho a autora desse texto a buscar ter, um mínimo de conhecimento sobre o que irá escrever, pois no Brasil prevalece à divisão dos poderes, caso não queira ,concentre suas produções ao ramo da pedagogia.
    É com grande tristeza que vejo tantas informações manipuladas para atender a uma tendência política ou a interesses pessoais, na qualidade de aluna de pedagogia, deveria sentir vergonha de prestar um serviço, contrario ao ato de educar, pense nisso.
    Acompanha suas publicações, não sou um intelectual, mas posso afirmar que você e tendenciosa e não busca conhecer os temas que aborda. Na qualidade de futura especialista em aprendizagem e especialista em Educação, acredito que você está fora de norte.

  2. QUIMERA disse:

    Infelizmente o senso comum reina na maioria da população, após uma demonstração clara, nada comentar! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Unknown disse:

    Infelizmente, é por causa de pessoas assim como você que eu vejo que o Brasil ainda não saiu do período colonial. A Cristiane tem que ter vergonha? Não, VOCÊ,exclusivamente, VOCÊ tem que se envergonhar. Você que vota e defende uma mulher que não tem uma atitude digna em assumir que o Brasil está um caos e o pior ainda se acha ofendido quando a verdade é dita. Ah! E não me venha com aquele típico discurso de pessoas como você, cega por um partido, de falar que tudo isso é um complô da mídia. Em um ponto concordo com você, a mídia manipula sim, vende informações de acordo com seus interesses,mas neste caso não. Se você ainda acha que isso tudo não passa de uma manipulação, faça-me um favor, mande um recado para a companhia de energia do meu Estado, porque minha conta de energia duplicou. Ah, e me faça mais um favor, leve-me para viver neste país que você vive, porque COM TODA CERTEZA não estamos falando do mesmo Brasil ou será que eu estou me referindo a Cabral II ?

  4. QUIMERA disse:

    Continuo afirmando, enquanto as pessoas continuarem a falar sobre temas que não tem domínio será uma tragédia, somado a isso a incapacidade de analise de uma parte das pessoas tem um desastre. A campanha eleitoral já passou provavelmente teu candidato ou candidata perdeu, aceite!

    Obs. procure analisar o meio que te rodeia, afinal para criticar temos que ter fundamentos, não é suficiente assistir o Jornal Nacional. Tenho visto o posicionamento de grandes economistas, que mesmo tendo um grande conhecimento da área, não trazem formulas prontas. Afinal quem és tu para fazer tantas afirmações? Procure ver para além da sua Caverna!