Professores de Bacabal em greve realizam passeata pelas ruas da cidade

Compartilhe esta postagem:

Os professores de Bacabal em greve, pertencentes à rede estadual de ensino do Maranhão, realizaram uma passeata pelas ruas do centro da cidade na manhã desta segunda-feira (6). O ato foi organizado pela delegacia regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma).

A greve começou há duas semanas, os professores lutam por melhoria nas unidades de ensino, pela implantação de um Plano Estadual de Educação – o Maranhão é dos poucos estados do Brasil que ainda não tem diretrizes para a educação.

Lutam também pela aprovação do Estatuto do Educador, cujo projeto está nas mãos do governo do Estado há alguns anos. Nas últimas reuniões de negociação, o governo anunciou que não aceitará a redução da jornada de trabalho dos professores que atingirem 50 anos de idade e mais de 20 de serviço na educação. A redução da jornada é um dos direitos pleiteados pelos educadores na proposta de estatuto e que já foi adquirido há anos.

O Sinproesemma alerta a sociedade que a educação é uma causa de todos e que o desenvolvimento do estado depende de uma boa educação pública, que envolve a valorização dos profissionais que atuam na área.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Unknown disse:

    Os professores têm mesmo que lutar por seus direitos, porque é uma vergonha o que o governo do estado está fazendo, tamanha é a desvalorização.Apoio a causa e espero que as autoridades tomem providências eficazes e que realmente beneficie a classe que é uma das mais importantes do mundo..