Professores de Bacabal realizam manifestação pública durante paralisação nacional da categoria

Compartilhe esta postagem:

Os professores de Bacabal, pertencentes às redes municipal e estadual de ensino, realizaram na manhã desta quinta-feira (25) uma manifestação pública na Praça Silva Neto, centro. O principal objetivo foi esclarecer para a população os motivos da paralisação nacional e a de reivindicações da categoria.

A paralisação nacional acontece durante três dias (23, 24 e 25 de abril). Após esta data, os professores da rede municipal de Bacabal voltam ao trabalho normal, enquanto os professores da rede estadual do Maranhão permanecem em greve por tempo indeterminado.

A manifestação pública de hoje contou com a participação de diversos professores que realizaram apitaço durante os intervalos do pronunciamento da professora Iraide Martins, coordenadora do núcleo regional de Bacabal do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma). O movimento contou também com a participação e apoio de um representante do Sindicato dos Bancários do Maranhão.

O principal objetivo da paralisação é a luta por melhores condições de trabalho da categoria. Os professores da rede municipal de Bacabal lutam pela equiparação de salários equivalentes à jornada de 40 horas semanais, enquanto os da rede estadual lutam pela aprovação do Estatuto do Educador dentre outras reivindicações.

Leia mais:
Por que os professores do Maranhão estão em greve? Veja os motivos e a lista completa de reivindicações

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!