No Maranhão, alunos são detidos em protesto por falta de professores na rede estadual

Compartilhe esta postagem:

Dois alunos de Mirinzal, município da Baixada Maranhense, foram detidos pela polícia, durante protesto contra a falta de professores na rede pública estadual de educação, realizado, na última sexta-feira, 11, no município de Pinheiro, onde funciona a Unidade Regional da Educação (URE), que representa o governo do Estado na Região. A detenção dos alunos causou revolta na comunidade escolar, que está inconformada diante do caos na educação pública do Estado, com a falta de professores na rede.

Segundo os moradores, os dois alunos faziam uma manifestação pacífica junto com outros estudantes dos municípios de Presidente Sarney, Central e Porto Rico, quando foram surpreendidos pelos policiais, que usaram como argumento para a prisão a suposta quebra de uma torneira. Depois de algumas horas detidos, os alunos foram liberados pelo delegado, após constatar que não havia provas que incriminassem os estudantes.

A coordenadora do Sinproesemma, em Pinheiro, Leonízia Neta, também participou do protesto com os alunos e denuncia a falta de atenção do governo do Estado com os estudantes, que ainda passam por constrangimentos de detenção quando reclamam das condições precárias de funcionamento das escolas.

A professora explica que as aulas no município de Presidente Sarney, por exemplo, ainda não começaram e a falta de escolas da rede estadual na região prejudica não somente os estudantes mas também os profissionais de ensino: “Os professores da rede estadual precisam se esforçar muito para dar aulas aos alunos de Mirinzal, pois não há escolas estaduais no município e os trabalhadores ficam lecionando em salas espalhadas pela região”, afirma.

Veja as fotos do protesto:

IMAHEM - No maranhão, alunos protestam contra falta de professores

IMAHEM - No maranhão, alunos protestam contra falta de professores

IMAHEM - No maranhão, alunos protestam contra falta de professores

IMAHEM - No maranhão, alunos protestam contra falta de professores

IMAHEM - No maranhão, alunos protestam contra falta de professores

________________
Referência: Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão – SINPROESEMMA.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!