Lista das piores profissões em 2012

Compartilhe esta postagem:

Uma pesquisa realizada recentemente pelo site Career Cast analisou 200 profissões nos Estados Unidos e elaborou uma lista com as cinco piores profissões neste ano de 2012. A pesquisa levou em consideração aspectos do ambiente de trabalho, fatores emocionais, salários, perspectiva de contratação, taxa de desemprego e níveis de estresse. O estudo também usou dados do The U.S. Bureau of Labor Statistics, agência governamental de estatísticas e economomia do trabalho.

Confira aabaixo a lista das cinco piores profissões em 2012. E para você, qual a pior profissão? Comente com seu perfil do Facebook ou Google/Blogger.

1 – Lenhador
Este profissional é responsável por cortar e transportar a madeira que será transformada em papel e móveis. De acordo com a pesquisa, esta é a pior profissão da lista deste ano.

2 – Produtor de leite
Este profissional participa de atividades relacionadas à pecuária leiteira para a produção de leite. Não é uma profissão muito estressante, porém requer muito esforço físico.

3 – Soldado
A rotina de um soldado vai desde servir comida até lutar na linha de frente de um batalhão em um caminho cheio de explosivos. Esta profissão entrou para a lista das piores profissões de 2012 especialmente pelo nível de estresse durante o expediente.

4 – Funcionários de plataformas petrolíferas
Executa as manutenções em plataformas petrolíferas e gasodutos, tanto dentro como fora da costa. Este profissional está na lista de piores profissões especialmente pelo esforço físico requirido durante as atividades.

5 – Repórter
Este profissional é responsável por divulgar notícias principalmente em jornais, revistas e portais da internet. A profissão entrou para a lista especialmente pelo nível de estresse dos colaboradores.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!