64° reuniao anual da SBPC acontece em São Luis – MA

Compartilhe esta postagem:

A 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), um dos mais importantes eventos científico da América Latina, acontece no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em são Luis, no período de 22 a 27 de julho.

O evento integrará as comemorações dos 400 anos da capital maranhense, reconhecida pela UNESCO como patrimônio da Humanidade.

A 64° Reunião Anual da SBPC tem como tema “Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza”. A programação científica é composta por conferências, simpósios, mesas-redondas, encontros, sessões especiais, minicursos e sessões de pôsteres.

Durante o evento, será realizada diariamente uma sessão de pôster para apresentação de trabalhos científicos ou de técnicas ou experiências de ensino e aprendizagem. Serão oferecidos ainda dezenas de minicursos, cujos temas são de interesse tanto de universitários e pesquisadores como de professores do ensino básico.

O evento também contará com uma mostra de ciência, tecnologia e inovação, a ExpoT&C; uma programação científica voltada para estaduantes do ensino médio e técnico, e uma programação cultural, com apresentações de artísticas e culturais da região. Todas essas atividades são gratuitas.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Edilson Batista disse:

    A 64° Reunião Anual da SBPC tem como tema "Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza".É muito abrangente, eu diria ainda que é um tema solidário, na minha opinião também polêmico, pois independentemente do que for apresentado e discutido em um evento deste porte, é público e notório as medidas que devem ser tomadas para minimizar essa desgraça que assola o mundo, bem mais marcante e cruel com países de terceiro mundo e em desenvolvimento. Espero que comentar sobre a pobreza não seja mais um modismo que a maioria das vezes tem cunho "fedido". De qualquer forma este é indiscutivelmente um evento de uma grandiosidade no que tange ao conhecimento.