12 cidades do Maranhão têm alto risco de dengue

Compartilhe esta postagem:

O número de casos de dengue no Maranhão registrou uma queda acentuada nos primeiros 50 dias do ano em comparação com o mesmo período de 2011, de acordo com levantamento do Ministério da Saúde, divulgado nesta quinta-feira (1). No começo de 2012, foram registrados 664 casos doença contra 2.658 no ano passado.

Apesar da redução, o Estado tem 12 municípios na lista daqueles com alto risco de dengue Nnestes primeiros meses do ano de 2012. São as cidades de Açailândia, Barra do Corda, Colinas , Imperatriz, Mirador, Pastos Bons, Pedreiras, Presidente Dutra, Rosário, São João dos Patos, Tasso Fragoso e Timon.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil registrou redução de 66% nos casos da doença nos primeiros 50 dias deste ano. Apesar disso, 91 municípios estão em risco de surto e outros 256, em alerta.

O levantamento – realizado pelo Ministério da Saúde, em parceira com as secretarias estaduais e municipais de saúde – permite identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor. Nos municípios em situação de risco, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentaram larvas do mosquito. Já nas cidades em situação de alerta, o índice de infestação é de 1% a 3,9% e, no caso das cidades com baixo risco, o índice fica abaixo de 1%.

Os 91 municípios com maior risco de surto estão concentrados nos estados da Bahia (22 cidades), Maranhão (12), São Paulo (12), Paraíba (7), Goiás (7), Pernambuco (6), Amazonas (6), Pará (5), Ceará (3), Alagoas (2), Sergipe (2), Rondônia (1), Roraima (1), Tocantins (1), Rio de Janeiro (2), Mato Grosso do Sul (1) e Mato Grosso (1).

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Isso acontece porque ainda tem gente que não quer cooperar por pura preguiça! E acaba prejudicando a vida de outras…