Brasil é 5º em falsificação de programa de computador na internet

Compartilhe esta postagem:

Em meio à expansão dos acessos rápidos à internet no País, o Brasil amargou o quinto lugar em um ranking global de pirataria de softwares online durante o primeiro semestre do ano, apontou um levantamento da Business Software Alliance (BSA).

Com quase 97 mil downloads não licenciados de softwares registrados de janeiro a junho, o Brasil perde apenas para Estados Unidos, Itália, França e Espanha na lista, que leva em conta redes de compartilhamento de arquivos, redes sociais, sites de leilão e outros canais.

O estudo, que começou a ser realizado no segundo trimestre do ano passado (não oferecendo base de comparação com o primeiro semestre de 2010), mostra uma diminuição da pirataria no Brasil em relação à segunda metade do ano passado, quando foram apuradas 139 mil infrações.

Apesar de ter havido uma queda nominal nos níveis de pirataria online apurados, o levantamento afirma que ocorrem muito mais infrações do que as registradas, já que muitos infratores hospedam sites de compartilhamento e de leilões fora do país.

“Os países acima do Brasil no ranking têm mais sites de leilões e compartilhamento. E existe muito mais comércio online nesses países do que aqui”, afirmou o presidente da BSA no Brasil, Frank Caramuru. No ano passado, o prejuízo aos fabricantes de software causado pela pirataria em geral no Brasil foi de US$ 2,62 bilhões, contra US$ 2,25 bilhões em 2009, de acordo com estudo da própria BSA divulgado em maio.

Confira a lista dos 10 países e o número de infrações:

1- Estados Unidos – 248.537
2- Itália – 218.306
3- França – 119.088
4- Espanha – 115.086
5- Brasil – 96.938
6- Canadá – 61.064
7- Reino Unido – 58.831
8- China – 51.722
9- Rússia – 48.411
10- Israel – 41.446
________________
 Referência: Terra.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!