Morte de Amy Winehouse vira isca para vírus na internet

Compartilhe esta postagem:

Está circulando na internet um e-mail prometendo uma foto exclusiva do corpo da cantora inglesa Amy Winehouse, que foi encontrada morta neste sábado (23) aos 27 anos. O e-mail aparenta ter um link para o G1, mas o link é falso e leva o internauta para outro site. A página oferece um arquivo malicioso para o usuário. Esse arquivo é um vírus ladrão de senhas bancárias.

Segundo a mensagem, “bebidas e drogas são vistas com clareza” na suposta foto. Na realidade, as causas da morte da cantora ainda são desconhecidas. O vírus não exibe a imagem prometida no e-mail.

Após ser executado, o vírus acessa uma página com um contador de acessos para registrar o número de vítimas da praga. Este contador registrava 18.637 vítimas por volta das 14h40 desta segunda-feira (25).

O especialista em segurança Fernando Amatte adverte que fatos marcantes são sempre aproveitados por criminosos, que tiram proveito da curiosidade dos internautas. “Sempre que acontece um fato jornalístico, de grandes proporções, e que envolve mistérios, os criminosos tentam abusar da natural curiosidade humana”, diz.

Segundo ele, o vírus já estava pronto antes do ataque e foi redistribuído com a “maquiagem” certa para aumentar o número de possíveis vítimas.
________________
Referência: Portal G1.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!