Bacabal realiza audiência contra poluição sonora

Compartilhe esta postagem:

A audiência pública para o lançamento da campanha “Todos contra a poluição sonora”, de iniciativa da 2ª Promotoria de Justiça de Bacabal, mobilizou a população bacabalense, na última segunda-feira (4). O auditório do Tribunal do Júri do município, local do evento, ficou lotado de líderes comunitários, donos de bares e estabelecimento similares, além de autoridades representantes do Ministério Público, Executivo municipal, Judiciário e das Polícias Civil e Militar, que atenderam ao convite para debater a questão da poluição sonora.

Idealizadora da campanha, a promotora de Justiça Karina Freitas Chaves considerou bastante positiva a participação do público. “A população compareceu de forma significativa, o que demonstra que estão todos mobilizados”, analisou.

Segundo a representante do Ministério Público, a campanha foi motivada devido ao grande número de reclamações dos moradores incomodados com o excesso de barulho na cidade. Pelas denúncias, que foram confirmadas durante a audiência, os maiores responsáveis por atrapalhar o sossego dos moradores de Bacabal são alguns bares, equipados com verdadeiros paredões de som, veículos de particulares com sons automotivos e carros de som para propaganda.

A promotora de Justiça Karina Freitas Chaves garantiu que a primeira etapa da campanha, que tinha um caráter meramente educativo, foi atendida. Alguns proprietários de bares denunciados participaram da audiência e se comprometeram a diminuir o barulho emitido pelos seus estabelecimentos.

Aos donos de lojas especializadas na instalação de sons automotivos, preocupados em terem seus negócios prejudicados pela campanha “Todos contra a poluição sonora”, a promotora fez questão de tranquilizá-los. Esclareceu que a campanha visa primeiramente conscientizar e depois coibir os abusos cometidos, juntamente com as Polícias Civil e Militar, mas que não irá questionar o funcionamento desses estabelecimentos.

“Este foi só o primeiro passo para tentarmos, ao menos, minimizar um problema grave que tem reflexo direto na qualidade de vida das pessoas e merece uma atenção especial dos poderes públicos”, resumiu Karina Freitas.

A campanha “Todos contra a poluição sonora” tem como parceiros as Polícias Civil e Militar e o Poder Judiciário. Conta com o apoio da Escola Batista e da Faculdade de Educação de Bacabal. O Portal Castro Digital também apoia essa ideia.
________________
Referência: Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Maranhão e Jornal Pequeno.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!