Usuária envia mensagem de preconceito contra nordestinos no Twitter

Compartilhe esta postagem:

“Esses nordestinos pardos, bugres, indios acham que tem moral, cambada de feios. Não é atoa que não gosto desse tipo de raça (sic)”, foi a mensagem postada no Twitter pela usuária Amanda.

O fato ocorreu depois do empate entre Flamengo e Ceará por 2 a 2 na noite desta quarta-feira, resultado que eliminou a equipe carioca da Copa do Brasil e classificou a nordestina para a semifinal da competição. O comentário da internauta no Twitter causou polêmica. Indignada com a desclassificação do Flamengo e a comemoração dos rivais, Amanda Régis disse que não gosta da “raça” dos nordestinos.

Seu comentário logo gerou repercussão na rede social e seu nome foi parar nos Trending Topics (TTs). Como reação, a hashtag #orgulhodesernordestino também começou a ser usada pelos usuários do Twitter, ocupando o primeiro lugar no TTs Brasil.

O caso lembra o episódio envolvendo a universitária Mayara Petruso, 21 anos, em novembro do ano passado. Na ocasião, a estudante de Direito postou no Twitter e Facebok comentários preconceituosos contra nordestinos por causa da eleição de Dilma Rousseff para a presidência do País, uma vez que a candidata teve grande votação no Nordeste.

O comentário de Mayara gerou muitas manifestações de apoio e crítica no Twitter, ocupando um lugar de destaque na rede social.
________________
Referência: Terra.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!