Google é condenado a pagar R$ 30 mil de idenização por Orkut hackeado

Compartilhe esta postagem:

A justiça do Rio de Janeiro condenou o Google a indenizar em R$ 30 mil uma usuária do Orkut que teve sua página pessoal hackeada.

De acordo com nota divulgada no site do Tribunal de Justiça do RJ, a página na rede social de Viviane Thebas Bóia foi invadida em 2005 com seus dados pessoais e fotos roubados e modificados. Foi criado um perfil falso, onde ela foi ofendida e “associada a vulgaridades”. Ela tentou entrar em contato com o Google para retirar o perfil falso do ar, mas alegou não ter tido sucesso.

Na decisão, a desembargadora Célia Maria Vidal, da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, citou que “o fato reflete a falta do dever de cautela na contratação e a falha no dever de segurança nos serviços prestado aos consumidores, permitindo a inserção de conteúdos lesivos aos usuários, sem nenhum monitoramento”.

Procurado, o Google disse que não comenta casos específicos. Em comunicado, afirma que “não é responsável pelo conteúdo publicado no Orkut, oferecendo apenas uma plataforma sobre a qual milhões de pessoas criam e compartilham seus próprios conteúdos”. A empresa diz que, no caso de uso indevido da rede social, o conteúdo impróprio é removido, mas que “não exerce controle prévio sobre os conteúdos criados pelos usuários e que não faz o papel de polícia ou juiz sobre estes conteúdos”.
________________
Referência: Portal G1.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!