Feliz dia do trabalho a você trabalhador e trabalhadora

Compartilhe esta postagem:

Neste dia 1º de maio, comemorado mundialmente o dia do trabalho/trabalhador, o Portal Castro Digital deseja a você um excelente dia. Mas afinal, o que comemorar? Se você tem um emprego estável, certamente deve está feliz, ou não. Mesmo assim, sua situação é bem melhor que a de quem não tem.

Para marcar esta data, dedico a você trabalhador e trabalhadora, o poema abaixo:

PRIMEIRO DE MAIO (Waldemar Rossi)

Hoje é Primeiro de Maio,
E não há mais alegria
só em apertar-lhe a mão,
abraçar e unir minhas mãos
as dos milhões que movemos o mundo,
porque sem elas não existirão
nem patrão, nem burguês, nem exploração.

Todos os dias me pergunto,
E hoje ainda mais:

Quem levanta as torres?
Eles não, nós operários sim,
Quem movimenta as máquinas?
Eles não, nós os sem-sindicatos sim,
Quem constrói as pontes, os arranha-céus?
Eles não, nós os pedreiros, armadores, carpinteiros sim,
Quem se enfia nas entranhas da terra?
Eles não, nós os mineiros sim,
Quem abre as escolas?
Eles não, nós os professores sim,
Quem se mete no fundo dos mares?
Eles não, nós os pescadores e marinheiros sim,
Quem carrega estes gigantescos barcos?
Eles não, nós os estivadores sim,
Quem atende nos hospitais?
Eles não, nós os enfermeiros sim,
Quem faz o biscoito, o pão?
Eles não, nós as doceiras, os padeiros sim,
Quem fornece água para seu lar?
Eles não, nós os operadores, sim,
Quem transporta a gente?
Eles não, nós os motoristas, sim,
Quem trabalha e faz produzir a terra?
Eles não, nós os camponeses, sim,
Quem corta e colhe a cana?
Eles não, nós os cortadores, sim,
Por acaso cuidam da luz?
Eles não, nós os eletricistas sim,
Quem administra os bancos?
Eles não, nós os bancários, sim,
Quem defende as fronteiras?
Eles não, nós os soldados sim,

Eles são donos das torres, das máquinas,
Das pontes, dos arranha-céus, das minas, dos barcos,
das escolas, do ouro, dos hospitais, das terras,
das fábricas, dos instrumentos, engenhos, e bancos,
eles têm tudo, da terra até o roubado.

E nós?
Nada! Nada mais do que as correntes
Dos donos, dos ricos, dos ladrões,
os do capital, do engano e da vergonha.

Mas irmão, companheiro, camarada,
Tua mão, minha mão, nossas mãos,
sofridas, suadas, rachadas, feridas, erguidas,
estas mãos que levantam, que rompem, que constroem,
estas mãos que produzem, que fazem e desfazem,
que atendem, que amam e lutam,
estas mãos que movem montanhas,
os campos e todos os poderes.
Estas mãos,
unidas pelo sangue e pela dor,
unidas na razão e na decisão,
unidas de verdade no aço da caldeira,

já sabe meu irmão,
este poder está em você, em mim, em nós,
em todos os explorados e humilhados,
os marginais e condenados,
este poder está em nossas mãos.

Decretamos, pelas 124 vezes neste dia :

Organização,
Disciplina,
Decisão,
ponha tua mão, tire tua mão,
desligue a máquina, pare o torno, deixe o martelo,
largue a pá, a picareta, pare o guindaste, o trator, o ônibus,
o motor, a colheita, o tecido, o lixo,
a poda, os canos, o fluxo, o ar, a nuvem.
…Que a terra pare.

Tremam tiranos!
os amos e todos os impérios,
a hora vem, virá,
vem a consciência de classe,
palavra do sangue e do suor proletário,
os operários, camponeses e todos os explorados,
classe contra classe,
sem meios nem intermediários,
muito menos os falsos e mentirosos,
hipócritas, traidores e todos os infiltrados.

Aí vamos,

os trabalhadores ao poder!!
Com Marx, Lenin, Sandino, Carlos,
os barbudos e todos os santos.

Vamos à liberdade,
Vamos à justiça,
Vamos à dignidade,
Vamos ao socialismo.

Viva o primeiro de Maio!
Viva a solidariedade internacional dos trabalhadores!

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!