Equipe Riobotz da PUC-Rio participa do RoboGames 2011 nos Estados Unidos

Compartilhe esta postagem:

A equipe Riobotz representará, pela sexta vez, a PUC-Rio no maior evento mundial de robótica, a RoboGames 2011, que ocorre de 14 a 17 de abril, em San Mateo, Califórnia, EUA. Na edição de 2010, a equipe conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata, conferindo ao Brasil a inédita quarta posição entre os melhores do mundo, atrás apenas dos EUA, México e Reino Unido. Dez alunos dos cursos de Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Mecânica do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) vão participar da competição, acompanhados do coordenador da RioBotz Marco Antonio Meggiolaro, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da PUC-Rio.

Tendo na bagagem 26 títulos nacionais e oito internacionais, a equipe viaja confiante de que trará novos prêmios: “Em combate de robôs, vamos participar com dois vitoriosos na RoboGames de 2010: o campeão mundial Touro Feather, de 13,6kg, e o medalha de prata Touro Maximus, na categoria de 100kg. Ao todo, vamos levar 18 robôs, incluindo o Pico Touro, de apenas 150g”, explica Meggiolaro.

A competição consiste em combates entre robôs de diferentes tamanhos, pesos e categorias e também a performance individual de robôs autônomos, todos criados por estudantes e engenheiros dos mais de 20 países que participam da RoboGames. O nível da disputa internacional vem crescendo a cada ano, pois competem também robôs confeccionados por profissionais experientes, donos de empresas de tecnologia dos EUA e Canadá, por exemplo.

A RioBotz vai participar de sete categorias de combate na competição, além de Sumô, Hóquei e “Seguidor de Linhas”. Nas modalidades de Sumô Robótico, os robôs da RioBotz da categoria de 3kg, atuais campeões brasileiros, irão tentar reconquistar as medalhas de ouro obtidas na RoboGames de 2009. Nesta categoria, o objetivo é empurrar o adversário para fora de uma arena circular conhecida como dojo. A equipe também irá competir pela primeira vez na categoria de Sumô Autônomo de 500g e participará do Desafio da Google de Sumôs de 3kg controlados via internet.

ESTÍMULO A SOLUÇÕES INOVADORAS

O evento estimula a aplicação de conhecimentos de engenharia mecânica, elétrica, de computação e mecatrônica para criar gladiadores robóticos operados por controle remoto e também os chamados autônomos, dotados de inteligência computacional para localizar o adversário e tomar decisões sobre qual estratégia seguir, sem nenhum auxílio humano. Os conhecimentos adquiridos nesses robôs já permitem que sejam desenvolvidos projetos inovadores como cadeiras de rodas automáticas de baixo custo para deficientes. As demais categorias, em especial as autônomas, como as de Sumô, estimulam o desenvolvimento e aplicação de técnicas de inteligência computacional em sistemas robóticos, com diversas aplicações em indústrias e em robôs de serviço.
________________
Referência: Maria Estrella, da assessoria de comunicação da PUC-Rio.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Helton Franco de Sousa disse:

    Parabéns a PUC-RIO por ter conquistado várias medalhas, como também a Uai!rrior da Universidade Federal de Itajubá, campeã mundial na categoria Hockey e à RoboCore.