Relatório da Situação Mundial da Infância aponta desafios globais para adolescentes

Compartilhe esta postagem:

Adolescentes em todo o mundo têm pela frente desafios considerados sem precedentes, como um cenário econômico internacional incerto, altas taxas de desemprego entre jovens, aumento do número e da intensidade de crises humanitárias e conflitos, mudanças climáticas e degradação ambiental, além da rápida urbanização.

A conclusão é do relatório Situação Mundial da Infância 2011 – Adolescência: Uma Fase de Oportunidades, divulgado hoje (25) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). O documento, ao levar em consideração que esses desafios devem se agravar na próxima década, defende a ampliação da oferta de habilidades e de conhecimentos necessários aos adolescentes para que enfrentem essas situações.

Outros riscos listados pelo órgão – que podem impedir o desenvolvimento de capacidades na transição para a vida adulta – incluem a falta de oportunidades educacionais e profissionais; mortes violentas; relações sexuais precoces desprotegidas; HIV/aids e trabalho infantil.

Entre as áreas consideradas chave para o avanço em investimentos nesta faixa etária, o Unicef destacou: coleta e análise de dados; educação e capacitação; participação; criação de um ambiente que ofereça proteção e apoio; e resolução de desafios relacionados com a pobreza e a iniquidade.

O relatório indica que proporcionar a todos os adolescentes as ferramentas de que precisam para melhorar a vida será um fator que irá contribuir para a promoção de uma geração de cidadãos economicamente independentes, atuantes na sociedade e capazes de contribuir ativamente para a promoção de melhorias nas comunidades.
________________
Referência: Agência Brasil de Notícias.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!