Professores do MA decidem fazer greve geral

Compartilhe esta postagem:

Professores da rede pública do estado do Maranhão reuniram-se em assembléia, na manhã de hoje (23), no auditório da Federação dos Trabalhadores da Indústria do Estado do Maranhão (Fetiema), em São Luis – MA, onde decidiram pela greve geral, por tempo indeterminado, a partir da próxima terça-feira (1º de março).

O impasse se instalou entre a categoria e o governo do estado desde 2009, por conta da não aprovação do Estatuto do Educador e do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCR) dos trabalhadores na educação do Maranhão.

Primeiro a governadora Roseana Sarney deu a desculpa de que a discussão para essa aprovação não poderia ser feita em 2010 por ser ano de eleições. Até aí tudo bem, ficando assim as discussções para esse ano de 2011.

Mas agora em 2011, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), Júlio Pinheiro, a última proposta apresentada pelo governo, foi de que o PCCR só seria aprovado e implementado a partir de 2012 e com percentuais de reajuste nos salários pagos de forma escalonada, até 2015.

Ele afirmou que a mobilização da categoria vem sendo feita desde o dia 17, numa programação de assembléias regionais. “A última reunião será em Imperatriz, no dia 25 [sexta-feira]. Ao todo são 18 regionais espalhadas pelo interior do Maranhão, e 16 delas já aprovaram a greve”, declarou.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!