Conexão com a internet da Líbia é cortada

Compartilhe esta postagem:

O serviço de internet na Líbia foi cortado neste sábado (19), informam as agências internacionais de notícias. A rede vinha sendo utilizada por manifestantes para convocar a população às ruas e protestar contra o governo.

A Líbia se “desconectou repentinamente”, informou a Arbor Networks, empresa com sede nos Estados Unidos que monitora as conexões na região.

Desde terça-feira (15) o país está mergulhado numa onda de protestos sem precedentes contra o regime de Muammar Gaddafi, que está no poder desde 1969.

Na sexta (19), países do Oriente Médio tiveram novos violentos confrontos durante protestos populares contra governos totalitários, inspirados nos levantes registrados na Tunísia e no Egito.

Na Líbia, onde o número de mortos em confrontos na véspera é calculado em pelo menos 24 pela organização Human Rights Watch, o Exército tomou as ruas da cidade de Benghazi para controlar os manifestantes contrários ao regime de Gaddafi.

Os comitês revolucionários, pilares do regime, ameaçaram os manifestantes oposicionistas com uma resposta “violenta e fulminante”. Guardas da prisão líbia de El Yedaida, perto da capital, Trípoli, mataram três presos que tentavam fugir, informou uma fonte das forças de segurança.

Manifestantes capturaram dois policiais e os enforcaram em Al-Baida, a 1.200 a leste da capital, informou o jornal “Oea”, próximo a Seif Al Islam, filho de Gaddafi.

Mais cedo, uma fuga em massa de prisioneiros foi registrada em uma penitenciária de Benghazi, a 1.000 km de Trípoli, após uma rebelião.
________________
Referência: Portal G1.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!