Saúde de Bacabal mata criança de 3 anos de idade

Compartilhe esta postagem:

O sistema público de saúde de Bacabal não está conseguindo cumprir seu objetivo, que é o de proporcionar “saúde” para a população, em vez disso, age ao contrário. A morte recente de uma criança de apenas 3 anos de idade mostra a situação atual do péssimo sistema de saúde de Bacabal, cidade do interior do Maranhão, a 260 km da capital São Luís.

Segundo Margarete Silva Costa, mãe de Mayane Cleide Conceição Costa (3 anos de idade), a criança foi levada ao Hospital Regional Laura Vasconcelos (o atual Socorrão de Bacabal) no dia 15 de janeiro após sofrer uma queda da rede e o braço ficar inchado. A criança foi atendida e nenhum problema grave foi diagnosticado, fizeram apenas o enfaixamento do braço. No dia 19, a criança, que estava sentindo dores constantes, foi novamente levada ao Socorrão. Mas não conseguiu ser atendida de imediato, o atendimento só foi feito após a chegada da equipe de reportagem do Programa Ronda da Cidade da Tv Mearim de Bacabal. Após o atendimento a criança foi encaminhada para a capital São Luís.

Mayane Cleide Conceição Costa (3 anos) aguardando atendimento no Socorrão de Bacabal – Foto: reprodução a partir de imagem do Programa Ronda da Cidade / Tv Mearim

De acordo com a mãe de Mayane, os médicos diagnosticaram que a menina havia fraturado três costelas e que se tivesse sido tratada a tempo, não teria morrido. A falta de tratamento causou infecção generalizada e pneumonia. A pequena Mayane Cleide, vítima da “saúde” pública de Bacabal faleceu na madrugada do dia 27, quinta-feira.

PREFEITURA DE BACABAL FECHA POSTO DE SAÚDE

Mais uma prova de que a saúde de Bacabal não vem cumprindo seu papel é o recente fechamento do posto de saúde que atendia aos bairros Cohab II e III, o mesmo não funciona há mais de 15 dias. A Secretária de Saúde disse que a população desses bairros podem ser atendidas no posto da Cohab I, mas segundo os moradores, os atendentes do posto de saúde da Cohab I dizem que só podem atender pessoas do bairro em que o posto está instalado.

SAÚDE DE BACABAL, UM CASO DE POLÍCIA E DE JUSTIÇA

Em dezembro de 2009, Paulo Ricardo de Oliveira morreu devido a falta de atendimento adequado no Pronto Socorro de Bacabal, o Hospital Regional Laura Vasconselos. Devido a gravidade do fato, foi instaurado inquérito policial e o processo encaminhado para a justiça, mas até hoje está por lá, sem nenhuma decisão concreta. Veja mais nos links abaixo:
Péssima assistência médica em Bacabal causa morte de jovem
Saúde de Bacabal é caso de polícia I
Saúde de Bacabal é caso de polícia II

ATUALIZAÇÃO ÀS 11 hs DE SÁBADO, 29 DE JANEIRO

O juiz de Bacabal, Roberto de Paula, informou que, na próxima semana, pedirá a instauração de inquérito policial para apurar o caso da morte da menina Mayane Cleide Conceição Costa.

RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!