Internautas cobram hospitais de Roseana no Twitter

Compartilhe esta postagem:

Nesta sexta-feira (17), usuários do microblog Twitter começaram a cobrar da governadora do Maranhão, Roseana Sarney, os 72 hospitais que ela prometeu entregar até o final do ano de 2010.

Através de mensagens no Twitter catalogadas com a hashtag #CadêOs72Roseana, os internautas protestaram contra a não entrega dos hospitais. Em pouco tempo, milhares de usuários do twitter aderiram à campanha e a hashtag #CadêOs72Roseana (são maneiras de catalogar e conectar tweets sobre um tema específico) conquistou a terceira posição no Trend Topics Brasil (TTBr), ranking dos assuntos mais falados no Twitter.

Os internautas estão usando mensagens em tons irônicos para protestar contra a governadora. Algumas das mensagens twittadas são: “O Guaraná Jesus vai virar fanta Uva e Roseana não entrega os 72 Hospitais” (@branca_); “Carlos Filho faz um discurso na tribuna da Assembleia e Roseana não entrega os 72 hospitais” (@rosengana_); “A Policia Federal prende Fernando Sarney e Roseana Sarney não entrega os 72 hospitais” (@Dall_); “Fábio Jr. faz bodas de ouro e Roseana não entrega os 72 hospitais” (@fdanyllo).

E para não ficar de fora, aqui vai a mensagem do @Castro_Digital no Twitter: “O Castro Digital se tornará o site mais acessado do mundo e Roseana não entrega os 72 hospitais”.

No ato de assinatura das ordens de serviço para a construção dos novos hospitais, no dia 10 de setembro de 2009, Roseana Sarney prometeu, ao lado do então secretário de Saúde Ricardo Murad, entregar os hospitais em apenas dez meses – praticamente um hospital no intervalo de cinco dias. Nas eleições deste ano ela continuou reafirmando a promessa. No total seriam 72 hospitais, todos eles funcionando, equipados e com quadro de pessoal, sendo 64 unidades de saúde com 20 leitos e outros oito hospitais de 50 leitos cada.

No último domingo (12), em entrevista ao jornal O Imparcial, o ex-secretário de Saúde do Estado, deputado Ricardo Murad afirmou que o pacote de 72 hospitais não será entregue este mês: “Nunca foi dito que em um ano e meio completaríamos isso… Quando estive à frente da Secretaria, nós pensamos em um projeto que é referência para o país todo e estamos colocando em prática”.

Já que não vai ser agora, será quando! Pelo visto, a entrega desses hospitais está sendo como internet discada, porque no Maranhão banda larga é um sonho.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!