Suspeita de vazamento do tema da redação do ENEM 2010

Compartilhe esta postagem:

A Polícia Federal de Juazeiro (BA) começou a investigar a suspeita de vazamento do tema da prova da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo o delegado Alexandre de Almeida Lucena, os investigadores devem ouvir professores de Petrolina (PE) que teriam ouvido comentários de alunos sobre o assunto tratado, pouco antes pouco antes da prova, que aconteceu neste fim de semana, em todo o país.

“É uma investigação prévia. Vamos falar com professores e alunos para saber o que aconteceu e, se necessário, abriremos um inquérito, um procedimento formal”, afirmou o delegado.

Professores do cursinho Geo Petrolina Pré-Vestibular foram procurados por cerca de 30 estudantes da cidade de Petrolina, que pediam ajuda para desenvolver a redação se o tema fosse “trabalho e escravidão”.

Eram 11 horas da manhã do domingo, uma hora antes do início da prova do Enem. Um dos estudantes, aluno do curso, disse aos professores que o tema da redação havia vazado em São Raimundo Nonato (PI) e ele tinha sido informado. O boato se espalhou e outros candidatos recorreram aos professores de português Marcos Freire, Ramón Bandeira e Diego Alcântara.

“Na hora, não acreditei na história do vazamento, mas atendemos aos alunos, discutindo o tema”, disse Marcos Freire. Depois da prova, ao saber da confirmação do tema, veio a preocupação. “A questão é séria e terminamos nos envolvendo por não termos dado a devida dimensão ao fato.”

“Vacilamos, deveríamos ter divulgado esta informação antes”, reforçou o coordenador do curso, Nivaldo Moreira, que é professor de física e estava no mesmo ponto de apoio, testemunhando a procura dos estudantes e a informação do boato do vazamento.

Depois da prova, os professores deram entrevista a emissoras de rádio e televisão locais informando sobre a possibilidade de vazamento, que foi ao ar nesta terça-feira pela TV Globo Recife. “Não temos provas, mas onde tem fumaça tem fogo”, observou o professor Marcos Freire. Segundo ele, a informação é de que desde a noite do sábado, 6, o aluno teria tido a informação do vazamento.

No Ministério da Educação (MEC), a notícia de que o tema da redação do Enem vazou antes da prova em São Raimundo Nonato (PI) foi recebida com ceticismo. A assessoria do ministro Fernando Haddad diz não ter recebido nenhuma informação sobre desvio de provas.

A redação fazia parte da prova aplicada no domingo (7) e teve como tema o trabalho. Com base em dois textos, os estudantes podiam escolher entre o trabalho do futuro e a escravidão.

Por enquanto, o Enem está suspenso, por decisão da Justiça Federal do Ceará. O Ministério da Educação informou que vai recorrer.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!