Gabarito oficial das provas do ENEM 2010

Compartilhe esta postagem:

O Ministério da Educação divulgou os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado no último fim de semana (6 e 7). A liberação só foi possível depois que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região derrubou a liminar que suspendeu o exame e a divulgação do resultado das provas.

Gabarito da prova azul – 1º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova amarela – 1º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova branca – 1º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova rosa – 1º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova amarela – 2º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova cinza – 2º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova azul – 2º dia – ENEM 2010

Gabarito da prova rosa – 2º dia – ENEM 2010

PEDIDO DE CORREÇÃO INVERTIDA DA PROVA DO 1º DIA

O Ministério da Educação (MEC) TAMBÉM abriu, nesta sexta-feira (12), a página na internet para receber pedidos de correção invertida do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Para pedir a correção invertida da prova do 1º basta acessar o link abaixo:
Requerimento para pedir correção invertida da prova do 1º dia do ENEM 2010

O sistema ficará disponível até as 23h59 do dia 19 de novembro. Após pedir a correção, não será possível cancelar a solicitação. Os estudantes que preencheram a folha de respostas conforme a ordem numérica do caderno de questões não devem fazer o requerimento.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE CANCELAMENTO DO ENEM

O procurador Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal do Ceará, afirmou nesta sexta-feira (12) que entrará com recurso contra decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que liberou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Vou recorrer para que o presidente do Tribunal submeta a decisão ao pleno do Tribunal”, disse Costa Filho. O procurador quer que a decisão seja submetida a todos os 15 desembargadores do tribunal.

Para Costa Filho, possibilidade de abertura de página na internet para pedido de correção do gabarito invertido é uma prática que compromete a segurança de qualquer concurso. “O que aconteceu na hora da prova não pode ser alterado”, disse.

“Estão apostando na teoria do fato consumado. Querem concluir o Enem, porque acham que depois não dá para tirar o aluno da faculdade, mas se a Justiça entender que o exame não valeu, os alunos podem perder a vaga”, afirmou.

A ação civil pública pedindo a anulação do exame continua em tramitação na Justiça Federal do Ceará, mesmo com a suspensão da liminar da juíza da 7ª Vara Federal do estado, Karla de Almeida Miranda Maia, segundo o procurador.

Este é apenas mais um capítulo da novela do ENEM 2010!

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!