Comprovado vazamento da prova do ENEM 2010

Compartilhe esta postagem:

A Polícia Federal (PF) concluiu as investigações e comprovou o vazamento da prova do Enem 2010 aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro. Duas pessoas, cujos nomes não foram revelados pela PF, são acusadas de violação de sigilo funcional.

Segundo as investigações da polícia, realizadas durante dez dias em Juazeiro (BA), a 502 km de Salvador, uma professora da cidade de Remanso, também no interior baiano, teve acesso a um dos textos de apoio da redação duas horas antes do início das provas, e ligou para o marido em Petrolina, no interior de Pernambucano. As informações repassadas por ela foram relatadas ao filho, que realizaria a prova na cidade pernambucana, e ele consultou um dos aplicadores. A suspeita foi denunciada e comprovada pela PF.

O MEC (Ministério da Educação) informou que o caso apurado pela PF é restrito a um estudante que já foi eliminado. O ministério disse que o sigilo do tema da redação foi mantido, uma vez que a professora indiciada repassou o tema “O que é Trabalho Escravo”, sendo que o cobrado foi “O Trabalho na Construção da Dignidade Humana.”

O MEC garantiu que o exame deste ano não será anulado e o cronograma para as novas provas será mantido para o dia 15 de dezembro, às 13h. Apenas os prejudicados pelas falhas encontradas no caderno amarelo poderão participar.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!