Prefeito de Santa Rita – MA é preso por crime eleitoral

Compartilhe esta postagem:

Na madrugada de hoje (3), policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar prenderam o prefeito de Santa Rita – MA, Hilton Gonçalo de Sousa. Junto com ele também foram presos o motorista dele, Luis Alberto Castro e o sargento da Polícia aposentado, José Orlando dos Santos. O flagrande aconteceu no povoado Jiquiri, em Santa Rita. Eles estavam fazendo campanha eleitoral fora do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral.

Na revista feita no carro em que estava Hilton Gonçalo, prefeito de Santa Rita, foram apreendidos santinhos, um revólver calibre 38, uma pistola 380, medicamentos e a importância de R$ 500,00 em notas de 5 e 10 reais.

A juíza determinou que os três fossem conduzidos para a delegacia Regional de Rosário, onde foram autuados em flagrante por crime eleitoral. Luís Alberto Castro e José Orlando dos Santos, também, foram autuados por porte ilegal de armas.

ATUALIZAÇÃO ÀS 09:00 HS
Nesse momento, Hilton Gonçalo, prefeito de Santa Rita, está concretizando o pagamento da fiança de 5 salários mínimos, o que equivale a R$ 2.550,00. Luís Alberto Castro e José Orlando dos Santos continuarão presos por porte ilegal de armas.

O prefeito, por ser rico e poderoso, foi flagrado apenas por crime eleitoral, assim pode pagar fiança e ser liberado. Os outros dois, além de crime eleitoral, foram flagrados pelo porte ilegal das armas, assim continuam presos, pois o crime é inafiançável. Se os três estavam no carro com as armas, todos deveriam ter sido flagrados por porte ilegal, mas esse é o nosso Brasil varonil!

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!