Justiça suspende concurso dos Correios

Compartilhe esta postagem:

A 5ª Vara da Justiça Federal de Brasília determinou a suspensão do processo de contratação da organizadora que aplicará as provas do concurso para 6.565 vagas nos Correios. A prova objetiva estava prevista para ser aplicada no dia 28 de novembro. A empresa escolhida para organizar a realização dos exames é a Fundação Cesgranrio, com sede no Rio de Janeiro.

Esse é o concurso que recebeu o maior número de inscritos até o momento neste ano no país, com 1.064.209 de candidatos, superando até mesmo o do IBGE para 192 mil vagas de recenseador, que teve 1.051.582 inscrições. Os Correios afirmaram que irão recorrer da decisão e que farão de tudo para manter o cronograma do concurso.

De acordo com nota divulgada no site dos Correios na noite de segunda-feira (18), os Correios foram “notificados da decisão liminar proferida pelo juiz federal substituto Paulo Ricardo de Souza Cruz, da 5ª Vara da Justiça Federal de Brasília” sobre a sustação do processo de contratação de empresa para aplicar as provas do concurso. A nota não esclarece o motivo da decisão da suspensão nem o autor da ação.

Os Correios afirmaram, na nota, que já estão tomando todas as providências cabíveis com o objetivo de garantir a continuidade do processo. Com isso, ele mantêm a previsão de realizar as provas do concurso conforme cronograma anteriormente divulgado, ou seja, no dia 28 de novembro.

A Fundação Cesgranrio informou que não recebeu nenhum comunicado oficial sobre a decisão. A organizadora não disse em que etapa se encontra o processo de seleção.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!