Cientistas conseguem ler pensamentos

Compartilhe esta postagem:

Pesquisadores da Universidade de Utah, nos EUA, foram capazes de, pela primeira vez, “ler” palavras através do pensamento de um paciente usando pequenos eletrodos. O grupo está confiante de que será possível usar a tecnologia para facilitar a comunicação com pessoas que sofreram paralisia cerebral.

Os cientistas introduziram uma grade com 16 pequenos eletrodos diretamente no centro neural que é responsável pela fala, no cérebro do paciente. Para esta experiência foram usadas palavras cotidianas do universo de pessoas que sofreram lesões como a paralisia cerebral, tais como sim, não, quente, frio, fome, sede, olá, adeus, mais e menos. Foi pedido que o paciente lesse as palavras enquanto os eletrodos captavam os sinais enviados pelo cérebro.

Quando ele repetiu as palavras para um computador, os resultados estavam corretos em 76% a 90% do tempo, percentual considerado muito animador pelos realizadores do experimento. Eles esperam poder aumentar este número repetindo a experiência com uma grade de 121 pequenos eletrodos.

A leitura das palavras através dos eletrodos é possível pois os cientistas acreditam que os mesmos sinais enviados pelo cérebro quando uma palavra é dita em voz alta são enviados quando a mesma palavra é apenas pensada. Se eles forem capazes de ler e codificar esses sinais, é possível aprimorar cada vez mais a descoberta.

O pesquisador e bioengenheiro Bradley Greger, da Universidade de Utah, ficou satisfeito com o resultado e espera que em dois ou três anos o método possa começar a ser usado em pacientes com paralisia cerebral. Ele também acredita que a sua equipe item condições de construir em pouco tempo um artefato para traduzir em som as palavras que foram lidas através dos eletrodos.

________________
Referência: Portal Terra.

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO CASTRO DIGITAL.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Que maravilha! Como é boa a ciência! Mas às vezes essa coisa de ler pensamentos não vem para o bem, né? Sabe como é a traição rsrsrsr
    bjs