OGX pesquisa gás natural e petróleo em Bacabal e outras regiões do Maranhão

Compartilhe esta postagem:

A OGX Petróleo e Gás solicitou licença ao Governo do Maranhão para procurar gás natural em Bacabal e outras regiões do estado. A empresa já recebeu licença prévia da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), válida até 18 de novembro deste ano, para a atividade de perfuração de poço exploratório de petróleo e gás no bloco PN-T-68, na Bacia do Parnaíba, localizado em Capinzal do Norte, município onde a empresa pretende instalar uma usina termelétrica com capacidade para produzir 1.000 MW de energia elétrica.

Com validade até 12 de maio de 2012, a empresa de Eike Batista também recebeu licença de operação (LO) da Sema para atividade de pesquisa sísmica em seis blocos na Bacia do Parnaíba, abrangendo os municípios de Barra do Corda, Itaipava do Grajaú, São Roberto, São Raimundo do Doca Bezerra, Joselândia, Esperantinópolis , Santa Filomena do Maranhão, Presidente Dutra, Dom Pedro, São José dos Basílios e Tuntum.

A empresa requereu ainda licenças de instalação (LI) e de operação (LO) para atividades de pesquisa sísmica nos mesmos blocos, mas com abrangência nos municípios de Altamira do Maranhão, Alto Alegre, Bacabal, Bom Lugar, Coroatá, Paulo Ramos, Vitorino Freire e Santa Luzia.

Desde o início do ano, a OGX vem realizando pesquisa sísmica na Bacia do Parnaíba, que envolve a utilização de equipamentos tradicionais, típicos de bacias terrestres, como sismógrafo, caixas coletoras de sinal, cabos condutores, redes de geofones, equipamentos portáteis de comunicação, etc, que são materiais de pequeno porte e não provocam movimentação de larga escala na região.

A perspectiva da OGX é de encontrar gás natural na região, insumo que será fundamental para o projeto da empresa de instalar uma usina termelétrica em Capinzal do Norte. Será a segunda planta do grupo no Maranhão, que está construindo uma usina nas proximidades do Porto do Itaqui movida a carvão mineral.
Os sete blocos que estão sendo objeto de pesquisa referem-se à Nona Rodada de Licitações, realizada pela ANP, em 2007, e que foram adquiridos da Petra Energia pelo valor de R$ 10,4 milhões, constituindo a OGX Maranhão Petróleo e Gás.

CLIQUE AQUI PARA CADASTRAR SEU E-MAIL E RECEBER AS ATUALIZAÇÕES DO CASTRO DIGITAL.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!