1º Audiência Pública sobre Pedagogia da Alternância na AL do MA

Compartilhe esta postagem:

Nesta quarta-feira, 16 de junho de 2010, aconteceu um marco para os Centros Familiares de Formação por Alternância – CEFFAs do Maranhão: foi realizada a primeira Audiência Pública sobre Pedagogia da Alternância no âmbito do estado do Maranhão.

O que é PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA?

O evento aconteceu no auditório Fernando Falcão da Assembléia Legislativa do Maranhão em São Luis. Estavam presentes cerca de 700 pessoas dentre alunos e alunas, agricultores e agricultoras, monitores e monitoras, convidados em geral e líderes comunitários, pessoas essas que representavam as Casas Familiares Rurais e as Escolas Familiares Agrícolas do Maranhão, instituições denominadas CEFFAs. Além de Marcelo Tavares, estavam presentes ao evento o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), seis parlamentares do Bloco de Oposição e convidados.

IMAGEM - Audiência pública sobre Pedagogia da Alternância

Esta audiência foi proposta pelo presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão, Marcelo Tavares (PSB) que coordenou o evento.

O objetivo da audiência foi esclarecer para os legisladores e governo do Maranhão, sobre a Pedagogia da Alternância. Essa metodologia forma pessoas de forma diferenciada, no entanto poderia fazer muito mais, se não fosse a grande falta de recursos financeiros para serem investidos na manutenção dos CEFFAs. Só para se ter uma idéia, neste ano de 2010 o governo destinou apenas R$ 35 mil reais para os CEFFAs, enquanto isso, alguns deputados tentaram aprovar um orçamento de cerca de 8 milhões de reais para manutenção dos CEFFAs em 2010, mas o projeto foi rejeitado pela maioria dos deputados.

IMAGEM - Audiência pública sobre Pedagogia da Alternância

Por iniciativa de Marcelo, foi protocolado nesta quarta (16), o projeto de lei instituindo o Dia Estadual da Pedagogia da Alternância, a ser comemorado em 16 de junho. O projeto foi apoiado pelos deputados presentes a audiência, Valdinar Barros (PT), Helena Heluy (PT), Domingos Paz (PDT), Gardênia Castelo (PSDB), Edivaldo Holanda (PTC), Irmão Carlos (PSDB) e Chico Leitoa (PDT). Eles também assinaram um anteprojeto de lei, de autoria do deputado Marcelo Tavares, propondo que o Governo do Estado execute um Programa de Apoio Financeiro e Técnico voltado aos Centros Familiares de Formação por Alternância – CEFFAs do Maranhão e às entidades que congregam essas instituições, UAEFAMA e ARCAFAR.

IMAGEM - Audiência pública sobre Pedagogia da Alternância

Além dos parlamentares, os participantes da audiência tiveram a oportunidade de ouvir explanações de vários representantes de instituições que já atuam com a pedagogia da alternância em outros estados e de como o modelo de educação tem sido vitorioso.

Uma das expositoras foi a procuradora de Estado do Amapá, Luciana Lima, que mostrou como esta luta se consolidou em seu estado até se tornar lei que garante total incentivo financeiro para as entidades que atuam com a pedagogia da alternância. No Amapá, segundo ela, existem apenas 13 municípios e foram destinados no orçamento deste ano R$ 3,5 milhões para os CEFFAs.

IMAGEM - Audiência pública sobre Pedagogia da Alternância

O professor João Batista Bergamini, articulador nacional da rede CEFFAs, apresentou um rápido histórico desde que o modelo educacional voltado ás comunidades rurais foi criado na França, até chegar ao Brasil. Mostrou por meio de números como a política para o setor é vitoriosa em vários estado, dos quais o Paraná, Amapá e Minas Gerais.

IMAGEM - Audiência pública sobre Pedagogia da Alternância

Os presidentes da União das Associações das Escolas Familias Agrícolas do Maranhão – UAEFAMA, José Manoel de Sousa e Antonia das Graças Santos Silva, da Associação das Casas Familiares Rurais Norte e Nordeste – ARCAFAR, elogiaram a realização da audiência para discutir um assunto tão importante e deixaram bem claro que este é apenas o começo de muitas lutas para que os CEFFAs tenham um melhor apoio financeiro do estado do Maranhão.

Ao finalizar, Marcelo Tavares garantiu que a Assembleia empenhará todos os esforços para que a pedagogia da alternância seja reconhecida como merece no Maranhão e tenha apoio dos mais diversos orgãos do governo.

E nós, que trabalhamos com essa metodologia, precisamos e buscamos o apoio de todos os parlamentares e pessoas em geral que queiram nos apoiar na luta pelo fortalecimento dessa metodologia educacional, a Pedagogia da Alternância.

CLIQUE AQUI PARA CADASTRAR SEU E-MAIL E RECEBER AS ATUALIZAÇÕES DO CASTRO DIGITAL.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!