Saúde de Bacabal é caso de polícia – II

Compartilhe esta postagem:

Lilian Maria Parussolo, delegada do 1º Distrito de Policia de Bacabal, encaminha hoje para a justiça o inquérito de número 003/2010. O objetivo do mesmo é a investigação se houve ou não falha no atendimento de saúde do hospital Laura Vasconcelos ao jovem Paulo Ricardo de Oliveira.

Para entender a história, veja também:
Péssima assistência médica em Bacabal causa morte de jovem
Saúde de Bacabal é caso de policia – I

Paulo Ricardo sofreu um acidente de trãnsito e foi levado ao Socorrão de Bacabal, atualmente o hospital Laura Vasconcelos. Não obtendo o socorro necessário, teve que ser levado para a cidade de Presidente Dutra, onde veio a falecer.

O juiz Osmar Gomes dos santos determinou que a policia instaurasse inquérito para apurar se houve ou não falhas no atendimento médico.

A delegada Lílian, responsável pela investigação, conclui que houve sim negligência no atendimento, por isso, pede o indiciamente de três pessoas:
– João Batista Lima da Cruz, por homicídio culposo em trânsito, agravado pelo fato de não ter Carteira Nacional de Habilitação – CNH e não ter prestado socorro e por lesão corporal em trânsito;
– Eudes Ferreira Araújo, por haver emprestado o veículo para pessoa sem habilitação;
– Dílson Raimundo Sá Ferreira, médico plantonista, por homicídio culposo.

No inquerito, a delegada descreve que não foram adotados os procedimentos médicos necessários.
Paulo Ricardo chegou no hospital já inconsciente e com problemas respiratórios. O procedimento do médico Dílson Raimundo Sá Ferreira foi apenas administrar oxigênio via cateter, soro fisiológico venal e encaminhamento do paciente para a enfermaria de observação.
Ainda segundo a investigação, o médico não se comunicou com a família sobre o estado de saúde do rapaz e nem sobre os riscos da transferência em veículo que não fosse uma ambulância.

Após o encaminhamento dese inquérito para a justiça, o que se espera é que os culpados sejam devidamente punidos.
_______________________
Informações do Blog do Louremar Fernandes.

Castro Digital | Artigos recentes:

CLIQUE AQUI PARA CADASTRAR SEU E-MAIL E RECEBER AS ATUALIZAÇÕES DO CASTROD DIGITAL.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Madá disse:

    caSo flagrante de negligência médica e que custou uma vida, sabe-se lá quantos já passaram pelo mesmo… quem é que fiscaliza isso? será possível q as pessoas agora, simplesmente por conta da posse de um diploma podem se dar o luxo de fazerem o que quiserem? ainda mais com vidas alheias?
    em relação aos crimes de transito, ja fiz alguns posts no blog comentando que a meneira mais eficiente de se cometer um homicidio no brasil, é no transito. se vc matar alguem com qualquer tipo de arma, sera investigado, preso, julgado e condenado. mas, se vc matar alguem com um carro ou moto ou qualquer outro veiculo, ta liberado, foi sem querer… fica a dica para quem tiver sangue frio suficiente e estiver com vontade de eliminar algum desafeto: crime de transito no brasil nao dá em nada.
    se isto aqui fosse um pais serio, tava todo mundo na cadeia e esse menino estaria vivo. mas como a impunidade é a mais forte certeza do brasileiro, nossa vida se transforma todos os dias numa roleta, jogo de azar.

  2. Anônimo disse:

    O SECRETARIO DE SAUDE DE BACABAL TAMBEM PODERIA SER PUNIDO.