Adolescentes divulgam crimes na internet

Compartilhe esta postagem:

Em 2009 na cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso, quase mil jovens foram apreendidos por envolvimento em crimes como roubo, assalto e homicídio. E o que é pior: fazem questão de publicar na internet sobre os crimes cometidos.

Para o delegado Francisco Kunze Júnior, os jovens entram cada vez mais cedo no mundo do crime. Não é só isso que assusta: na era da tecnologia, eles desafiam as autoridades e usam a internet para divulgar o que pensam e como agem.

Os investigadores encontraram páginas personalizadas no Orkut de menores que já têm passagem pela polícia. Numa delas, uma criança é usada para simular uma tentativa de homicídio. Em outra, o autor relata os crimes pelos quais já foi enquadrado como porte ilegal de arma (14), tráfico (33), furto (155) e roubo (157).

Para José Antônio Borges, promotor da infância que acompanha as investigações, a exibição das fotos é mais um delito: apologia ao crime. Segundo o promotor:

Eles estão fazendo propaganda do resultado dos crimes deles. Eles estão mostrando as armas, mostrando o dinheiro auferido, as jóias roubadas e dizendo ‘eu sou o herói, seja que nem eu’, isso é apologia ao crime.

A psicóloga Ilda Moreira diz que ao fazer a publicação dos crimes que cometem, os adolescentes mostrar um poder que eles não têm, isso passa a ilusão de que podem sair por aí cometendo crimes e delitos.

Pelo Código Penal Brasileiro, a apologia ao crime tem pena de três a seis meses de detenção.

O promotor da infância e adolescência vai pedir às páginas de relacionamento que retirem da internet as imagens dos adolescentes fazendo apologia ao crime.

Castro Digital | Artigos recentes:

CLIQUE AQUI PARA CADASTRAR SEU E-MAIL E RECEBER AS ATUALIZAÇÕES DO CASTROD DIGITAL.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!