Conheça o Projeto Cabiúna

Compartilhe esta postagem:

Por Bruno Resende Ramos*

Depois de um 2009 realizador, publicando antologias literárias para todos os gostos e saberes, iniciaremos o ano de 2010 com muita energia e inspiração e com ele o Projeto Cabiúna.

No ano que finda, no mês de abril, publicamos “Contos e crônicas para viagem” na 9ª Bienal da Bahia, no Centro de Convenções de Salvador, logo depois, no mês de agosto, a antologia dos alunos da escola pública de Teixeiras, Escola Estadual “Dr. Mariano da Rocha”; fomos agraciados com a cobertura da TV Viçosa, o Jornal Regional, o qual fez a apresentação dos alunos escritores à comunidade escolar e a toda a região que compreende seu raio de atuação. Já tínhamos iniciado o Projeto “Livre Pensar Literário” que se encontra agora em fins de edição e publicação. Não bastassem tantas realizações, em 2010 teremos muitos sonhos a realizar.

O ano 2010 promete ser um ano de inclusão e por isso já se encontra em desenvolvimento alguns projetos que vão nortear as ações da Nova Coletânea. Um bom começo é o Projeto Cabiúna. Esse projeto realizará dupla empreitada de conscientização tanto ao leitor como ao escritor da necessidades de contribuir pela melhoria de qualidade de vida no planeta através de ações no âmbito da educação ambiental e na reformulação das nossas atitudes e comportamentos no cotidiano. Tanto o cidadão como toda a sociedade têm de se mobilizar em favor de novas metas para atenuar as condições climáticas do planeta. Diante disso, a Nova Coletânea estará junto aos seus escritores, defendendo a sustentabilidade como princípio maior de suas ações pela melhoria de qualidade de vida e sobrevivências de todas as espécies.

A necessidade de desenvolver programas sustentáveis na realização de seus trabalhos oportunizou a reflexão dos organizadores do projeto e culminou numa decisão inovadora e que remete aos propósitos originários do grupo quando compôs o slogan “Na natureza, com a natureza e pela natureza” em 2005. Na época o evento culminou com a edição da antologia “Semeando Idéias… Colhendo Poemas”, título sugerido pelo editor Edir Barbosa.

Em resposta ao apelo dos ambientalistas, educadores ambientais, órgãos de defesa do meio ambiente e em nome da própria consciência de que é nossa responsabilidade assu mir essa frente, decidiu-se pela união dos escritores ao projeto para formarmos uma frente de escritores engajados nesse propósito.

Eis um tema universal: a sustentabilidade. Junto à sua inscrição no Projeto Cabiúna a organização vai possibilitar ao escritor, além da produção de sua OBRA, o plantio de árvores nativas, recuperando, desse modo, áreas degradadas, conforme indicarem as instituições de proteção ambiental ou o Instituto Estadual de Florestas (IEF), numa parceria com o pequeno produtor rural. Antes, nossos livros geravam mais um escritor, mais um livro, mais um leitor, num projeto de extensa inclusão do outro. Decidimos, neste momento, não parar… Agora, além de tudo isso, o Projeto Cabiúna vai plantar com cada escritor uma árvore e destinará, posteriormente, um KIT de OBRAS literárias do projeto a uma tribo indígena de nosso país.

Plante árvores e colha livros.

____________________________
*Bruno Resende Ramos – Pós-graduado em Língua Inglesa, graduado em Letras e Artes pela Universidade Federal de Viçosa, Professor efetivo do Estado de Minas Gerais, Diretor do Colégio Semear e organizador do projeto “Nova Coletânea”.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!