Roseana, governo do ‘viva’

Compartilhe esta postagem:

Segundo a governadora Roseana Sarney, mais de 1 milhão de famílias serão contempladas por projetos sociais no Maranhão com o Programa Viva Gente. O mesmo foi lançado dia 19 de novembro, no Centro de Convenções Pedro Neiva da Santana. As ações, segundo o governo, com recursos na ordem de R$ 100 milhões, a serem implantadas em todas as regiões do estado, abrangem o Viva Luz, Viva Água, Viva Meu Primeiro Emprego, Viva Casa e Cuidando do Futuro.

Roseana Sarney falou sobre cada programa e disse que, além de terem impactos sociais, trarão mais dignidade e conforto a milhares de maranhenses. De início, a governadora mostrou um vídeo com exemplos de jovens que participaram do Primeiro Emprego, lançado em seu primeiro governo.

A governadora anunciou ainda que serão construídos dois restaurantes populares em São Luís, um na Cidade Operário e outro no Anjo da Guarda. Cada estabelecimento terá capacidade para servir até mil refeições/dia a preços acessíveis aos trabalhadores e a população em situação de insegurança alimentar.

Atravessamos oito meses de governo, tempo em que remontamos a máquina administrativa, acabamos com a prática criminosa das obras fantasmas. Reconquistamos a confiança dos grandes investidores, empresários e trabalhadores, e iniciamos obras (escolas e hospitais) e serviços que irão beneficiar a todos os maranhenses. Vencemos o desânimo, nos orgulhamos de vivermos hoje num estado que é referencial nacional, disse Roseana Sarney.

Ao falar do Viva Meu Primeiro Emprego, o secretário de Trabalho, José Antônio Heluy, salientou ser uma política pública pioneira de inserção de jovens no mercado de trabalho, inspirado do programa similar criado em 1995, no primeiro governo de Roseana Sarney (Primeiro Emprego). O programa atenderá os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Imperatriz, Caxias, Timon, Codó, Bacabal, Açailândia, Pinheiro, Santa Inês, Chapadinha, Barra do Corda, Balsas, Zé Doca, Pedreiras e Presidente Dutra. A iniciativa, idealizada pela governadora Roseana Sarney, ganhou versão federal no governo do presidente Lula.

Benefícios – O governo garante que o Viva Luz será uma ação de grande alcance social e que estará presente em todos os municípios maranhenses. Tem como público alvo a população com o consumo médio mensal de 50 kwh. A meta é beneficiar 465.698 famílias carentes que ficarão isentas do pagamento da fatura de energia elétrica.

Já o Viva Água será colocado em prática em 114 municípios atendidos pela Caema, tendo como público alvo famílias com o consumo médio mensal de 25m³. Beneficiará 92.101 famílias de baixa renda com água potável.

Além da construção de imóveis para pessoas de baixa renda, o Viva Casa terá como meta a melhoria de residências nas zonas urbana e rural. Serão distribuídos kits construção, incluindo areia, barro, cimento, que serão distribuídos a população menos favorecida e que não possui casa própria. O objetivo do governo é melhorar a qualidade de vida das famílias, principalmente no interior do Maranhão.

“O Viva Casa é um programa importante para a erradicação das sub-habitações, pois 75 mil pessoas que moram em casa de taipa serão beneficiadas. Um investimento de R$ 56 milhões distribuídos nos meses de dezembro de 2009 a dezembro de 2010”, assegurou o secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Filuca Mendes

ENTENDA O PROGRAMA VIVA GENTE

Meu Primeiro Emprego – Qualifica e promove a experiência profissional de jovens com idade entre 18 a 24 anos, que nunca foram empregados formalmente. O programa ganhou versão federal no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Luz – Isenta de pagamento de contas a população com consumo médio de 50 KWH de energia/mês. A meta é beneficiar 465.698 famílias carentes que ficarão isentas do pagamento da fatura de energia elétrica.

Água – Isenta de pagamento os consumidores que gastarem em média 25 m³ de água por mês. Será colocado em prática em 114 municípios atendidos pela Caema. Beneficiará 91.101 famílias de baixa renda com água potável.

Casa – Tem como meta a construção e a melhoria de imóveis nas zonas urbana e rural do estado, onde serão distribuídos a população menos favorecida e que não possui casa própria, kits construção (areia, barro, cimento, etc.).

Cuidando do Futuro – Beneficiará e cuidará de gestante com vistas à redução da mortalidade infantil, com exames gratuitos que detectam 12 doenças antes da criança nascer.

Restaurante Popular e a Cozinha Comunitária – Capacitará e qualificará pessoas para a profissionalização na arte culinária e o restaurante fornecerá cardápio variado a preços baixos a pessoas de baixa renda no fornecimento de duas mil refeições nas unidades da Cidade Operária e Anjo da Guarda.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Viva o roubo do Estado que ela tirou do Jackson! kkkkk