Dois séculos de Darwin

Compartilhe esta postagem:

Por Paulla Oliveira*

Charles Darwin (1809 – 1882) – o naturalista inglês – que após dois séculos de sua existência, ainda tem consigo o poder de impacientar pessoas.

Ele que antecipa a catástrofe dos desequilíbrios e mudanças ambientais será sempre lembrado e citado sobre tais assuntos. Autor de livros como A Origem das espécies – 1859 e A Descendência do Homem e Seleção em Relação ao Sexo – 1871, está mais uma vez sendo lembrado por estas e muitas outras coisas que nos deixou, tentando esclarecer o que quase ninguém percebia.

É valoroso assistir ao documentário O Pesadelo de Darwin (2004 – Rubert Samper). Que mostra bem o desequilíbrio sócio ambiental. Bom filme a todos!

_________________________
*Paulla Oliveira – ACE – Assistente administrativa do Programa de Controle de Animais Peçonhentos do Centro de Controle de Zoonoses de Natal – RN. Contato: paullaolive[email protected]

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 Comentários

  1. Hugo disse:

    legal, vou assistir o filme.
    valeu aí

  2. ninna oliveira disse:

    Obrigada pelo "legal" Hugo!
    Vale mesmo a pena assistir ao documentário sobre Charles Darwin.
    Muito interessante.
    Abrçao!

    Paulla Oliveira

  3. vica disse:

    mandou bem com o texto, paula
    fiquei com vontade de assistir ^^

  4. ninna oliveira disse:

    Obrigada Vica!
    a vontade de assistir tem que ser atendida neh?!
    rsrs…

    Abraço!