Audiência discute inclusão de albinos na sociedade

Compartilhe esta postagem:

Por iniciativa do deputado Carlos Giannazi (PSOL), realizou-se na sexta-feira, 16 de outubro, audiência pública para discutir o preconceito, os problemas de saúde e as dificuldades financeiras que os albinos encontram, principalmente em regiões carentes e de baixa escolaridade.

A audiência discutiu também o projeto 683/2009, de autoria de Giannazi, que determina a obrigatoriedade de distribuição de protetor solar pela rede estadual de saúde, além de atendimento oftalmológico, ambos gratuitos, para os albinos.

Presente na audiência, o professor doutor Roberto Rillo Bíscaro, que mantém o Blog do Albino Incoerente na internet, falou sobre sua experiência pessoal de não aceitar que o preconceito o impedisse de levar uma vida normal, frequentando a universidade e tornando-se professor. Mas comentou a dificuldade dos albinos que, por problemas financeiros ou baixa instrução, passam a maior parte de sua vida reclusos em casa. Sobre as estatísticas com relação ao albinismo, o professor Bíscaro não soube dizer quantos são portadores dessa doença, até porque

“não existimos no Brasil porque não constamos do Censo do IBGE; desse modo, somos invisíveis aos olhos do poder público”,

declarou. O professor esclareceu também que, por não ter melanina, o albino não tem defesa contra os raios solares. Daí a necessidade do uso de filtros solares para impedir o câncer de pele.

Clique aqui e confira os detalhes da audiência narrados pelo Albino Incoerente.

Ao encerrar a audiência, o deputado Giannazi falou da “necessidade de dar visibilidade à luta das pessoas com albinismo e, principalmente, sensibilizar o poder público para os problemas enfrentados pelos albinos”.

Fonte: Joel Melo – Diário Oficial do Poder Legislativo de São Paulo.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Renato Tarantelli disse:

    Olá blogueiro,

    Meu nome é Renato sou Diretor de Conteúdo do WOBLinks.net e gostaria de convidá-lo para fazer parte deste que será o maior portal de links brasileiro.

    O WOBLinks é um “link blog” colaborativo, onde todos os usuários cadastrados podem enviar seus links sem prévia aprovação. O WOBLinks não é um agregador de conteúdo e tão pouco um indexador, sendo apenas um blog colaborativo.

    Por ser um link blog colaborativo o envio de links poderá ser feita por todos os colaboradores cadastrados no WOBLinks.
    Então não perca tempo e envie-nos seus links.

    Quaisquer dúvidas, sugestões e reclamações podem ser encaminhadas para [email protected]

    Atenciosamente

    Renato Tarantelli
    Diretor de Conteúdo
    email: [email protected]
    site: woblinks.net

  2. Anônimo disse:

    é absurdo! não constar no Censo, depender de projeto de lei para ter atendimento de saúde especializado (afinal pessoas com cancer, alzheimer, e outras doenças genéticas recebem medicação de alto-custo por direito), e ainda enfrentar preconceito por ser diferente, só "D-I-F-E-R-E-N-T-E". A intolerância está elevada demais, desde que o mundo é mundo os seres humanos sempre fizeram algo para se diferenciar uns dos outros, mas somos seres que precisam viver em sociedade pois não somos autônomos, essa não é a verdadeira vida em sociedade, a verdadeira aceita as diferenças afinal somos INDIVÍDUOS.