Tecnologia cria juventude com novas habilidades

Compartilhe esta postagem:

O indicador sempre foi o dedo mais importante. Ele compõe o “v” de vitória e, no faroeste, era o responsável pelo gatilho rápido. Mas, com o surgimento de celulares e de toda sorte de eletrônicos que cabem na mão, o dedão desbancou o indicador no quesito agilidade. Está conquistando um lugar na história formando a thumbs generation – a geração polegar, no termo criado pelos americanos.

Na mão dessa galera – adolescentes e jovens que cresceram manipulando os aparelhinhos, o polegar deixou para trás a fama de mata piolho e a função menor de apenas dar espaços entre as palavras na digitação. Hoje, os dois polegares são os autores da comunicação em zilhões de torpedos entre celulares, diariamente no mundo, seja por praticidade ou pelo custo, em geral mais baixo que um minuto de ligação.

Estudos já pesquisam o fenômeno e percebem uma mudança nos dedões da nova geração: eles estão mais musculosos e rápidos. Os polegares estão sendo usados também em tarefas antes comuns ao indicador, como apertar a campainha e apontar. Prova da agilidade dessa garotada é o campeonato mundial que elege o digitador mais rápido do mundo.

Conectado 24 horas
O analista financeiro Tadeu Hiroaki, de 32 anos, já está no seu 27 celular. Conectado durante as 24 horas por dia, Tadeu manda cerca de 240 torpedos por mês pelo celular, sem falar no uso do MSN, e-mail, Orkut, g-talk e facebook. Teclar rápido para ele é moleza. Um dos finalistas cariocas na etapa brasileira do concurso de SMS, Tadeu digita 80 caracteres em 30 segundos.

– Uso SMS desde que o sistema foi disponibilizado. Acho muito mais prático e objetivo – conta o analista, que até tem torpedo padrão para enviar quando não pode atender o telefone.

Já o ator Ícaro Silva, de 22, até fez um plano ilimitado de SMS, de tanto usar o sistema.

– Chego a conversar por SMS – confessa Ícaro.

Ele digita rapidamente com os dois polegares. No concurso, escreveu 80 caracteres em 34 segundos. Mas, mesmo em um celular comum – onde cada tecla tem três letras, Ícaro é ágil e digita o mesmo texto em 50 segundos. A repórter tentou e levou um minuto e 38 segundos.

Carioca é o mais ágil
O carioca Marcondes Alves, de 19 anos, foi o vencedor do concurso que elegeu os dedos mais rápidos na hora de escrever um SMS. Ele digitou a frase “Meu gato ta verde e o cachorro ta parado e o bar esta lotado e o caderno esta cheio”, com 80 caracteres, em 24,3 segundos. Vitorioso, ele levou para casa R$ 10 mil e dois celulares no campeonato, disputado na última quarta-feira, em São Paulo.

Além do prêmio, o carioca ganhou o direito de representar o Brasil em novembro, na etapa mundial, que reunirá participantes de outros 15 países. Quem vencer, vai colocar no bolso um prêmio de US$ 100 mil.

– Foi muito difícil e concorrido o campeonato, mas consegui manter a calma – disse Marcondes, após a final.

Fonte: Extra.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!