População de São Mateus do Maranhão faz justiça com as próprias mãos

Compartilhe esta postagem:

A população do povoado de Laje do Curral, a 34 km de São Mateus, matou a pauladas e facadas um homem identificado apenas como “Cheiroso”. Ele é suspeito de estuprar e degolar uma jovem de 16 anos na tarde da última quinta-feira, 3 de setembro.

Segundo informações da delegacia de São Mateus, a menina, que estava grávida, tomava banho quando foi abordada pelo assassino, sendo em seguida estuprada e morta.

O delegado de São Mateus foi informado do assassinato e enviou agentes para buscar o corpo da jovem no povoado. Quando os homens chegaram ao local avistaram a população cercando a de Cheiroso. Os moradores estavam revoltados e queriam linchar o suspeito.

A polícia conseguiu entrar na casa e deter o acusado. Porém depois de o colocarem na viatura, o veículo foi cercado e apedrejado pela população, que arrancou o preso das mãos dos agentes e o mataram a pauladas e facadas.

“O povo tomou o preso das nossas mãos e matou a pauladas e facadas. Foi uma verdadeira barbaridade. Se tivesse sido na delegacia teriam quebrado o prédio como já foi feito em outros casos. Agora virou moda”, explicou o agente, Itamárcio Santana.

Segundo Santana essas revoltas da população, que tem acontecido com freqüência no estado, devem-se ao pequeno número de policiais nas delegacias.

“Cheiroso” já tinha passagem pela penitenciária de Pedrinhas por estupro e assassinato.

Fonte: Blog São Mateus em Off.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!