Golpe: homem viaja mais de 9 horas para encontrar mulher fictícia

Compartilhe esta postagem:

O britânico Stuart Slann, de 39 anos, fez no mês passado uma viagem de Sheffield a uma fazenda na Escócia para encontrar uma mulher com quem se relacionava no site de relacionamentos Facebook.

No entanto, cerca de 640 quilômetros e nove horas de estrada depois, o homem casado descobriu que a internauta chamada Emma não existia. Além da humilhação, o golpe acabou com seu casamento.

Segundo o jornal “Telegraph”, Slann foi até uma casa abandonada e esperou cerca de três horas em seu carro até ser contatado pelos internautas que haviam inventado Emma, a mulher que durante semanas deixou recados sugestivos no perfil de Slann.

Os homens responsáveis pela “brincadeira” gravaram a conversa e a colocaram no YouTube, junto com fotos que o britânico havia mandado para sua amiga virtual – o conteúdo já saiu do ar por “violações do termo de uso”. Foi assim que Louise, de 32 anos, descobriu o relacionamento de seu marido com a mulher que ele havia conhecido no Facebook.

Slann e Louise, diz o “Telegraph”, estão separados. “Foi algo cruel, eles me enganaram”, afirmou o homem, segundo a publicação britânica. “Conversei com essa moça do Facebook por cerca de um mês. Realmente acreditei que ela existia e não tinha motivos para desconfiar.”

Futebol

O jornal afirma ainda que a história começou em novembro do ano passado, em Cancun, quando Slann, que é fã do Manchester United, discutiu com três homens sobre futebol. Durante as férias de três semanas, eles se desentenderam diversas vezes: em uma ocasião, os fãs do Liverpool jogaram Slann na piscina, fazendo com que ele quebrasse o tornozelo.

Depois das férias, esses homens (que não tiveram seus nomes divulgados) criaram um perfil falso no Facebook para enganar Slann, segundo o “Telegraph”. Assim surgiu Emma que, depois de algumas semanas trocando mensagens com o internauta, sugeriu que ele fosse até Aberdeen, nas Escócia.

Já no local, Slann começou a receber mensagens de texto da mulher, dizendo que ela sairia mais tarde do trabalho. A situação se estendeu até que um dos homens ligou para o internauta, dizendo que tudo não passava de um golpe. “Você reconhece nossas vozes, Stuart? São os caras que jogaram você na piscina. Você reconhece nosso sotaque de Liverpool, não?”, dizia a conversa divulgada junto às fotos da vítima, no YouTube.

Slann respondeu que “sim”, e então o interlocutor afirmou que ele havia sido pego, antes de cair na gargalhada. “Como você se sente? Você se apaixonou por mim no computador”.

“Se eles tivessem feito eu dirigir até Manchester, Leeds ou até Liverpool, não teria sido tão ruim e talvez eu teria visto alguma graça nessa história. Mas fazer com que eu fosse até Aberdeen foi cruel”, disse Slann, agora solteiro. O jornal não informa se a vítima abrirá processo contra os internautas que o enganaram.

Fonte: G1.com.br.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!