Crianças fogem de casa depois de serem enganadas pelo Orkut e MSN

Compartilhe esta postagem:

Uma garota de 12 anos e seu amigo, um ano mais velho, teriam sido convencidos por outra suposta criança, através do Orkut, a roubar dinheiro que tinham em casa e viajar desde Florianópolis, onde moram, até a capital paranaense.

Segundo a matéria do jornal O Globo, a menina mantinha contato, através da rede de relacionamentos e pelo MSN, com uma outra amiga do estado do Paraná. Esta afirmava que estava para receber em sua casa uma banda americana de rock e que reservaria um quarto para a garota caso ela viesse à sua casa. Seduzida, a menina roubou cerca de R$ 5 mil do pai para seguir a viagem de 300Km. Já outra fonte, como o Paraná Online, traz outra versão da história, na qual o pai da paranaense afirma que foi a garota de Florianópolis quem decidiu fugir de casa, pois havia brigado com os pais.

De qualquer forma, ambas as reportagens concordam no que se diz à trajetória da menina, que junto com o amigo de 13 anos pegou um táxi no Terminal Rodoviário Rita Maria, na cidade onde moram, e seguiram para Curitiba. O motorista cobrou R$ 600 pela viagem, além de ter pego dinheiro para trocar os pneus e encher o tanque do carro.

As crianças foram reencontradas, contudo, graças à ação do pai do menino. Segundo o O Globo, o senhor de 52 anos de idade não obteve atençãoo da polícia, o que o levou a agir por conta própria. Ele contou com a ajuda de vizinhos e de outra menina, amiga da primeira desaparecida, que conversou com a garota de Curitiba e a convenceu a fornecer seu endereço, afirmando que tinha R$ 20 mil e que também queria ir ao show.

Com a localização das crianças em mãos, o pai do garoto se dirigiu ao local e acionou a polícia, que no momento já tinha sido contactada pela de Florianópolis. As crianças contudo, nem chegaram à casa da suposta amiga, que deveria ter ido buscá-los na rodoviária. Como a carona não apareceu, eles decidiram voltar à pé para a cidade natal e foram interceptados em São José dos Pinhais, a 40km da capital paranaense.
Suspeita de pedofilia

Chegando ao local informado pela garota do Orkut, um homem de 71 anos pediu os R$ 20 mil prometidos anteriormente pela amiga das crianças. Neste momento a polícia invadiu a casa, encontrando a garota que fez os contatos e mais um casal.

O pai do garoto afirma ter ficado surpreso com a quantidade de colchões espalhados pela casa e suspeita que os moradores estejam ligados a pedofilia.
Explicações

Já pelas palavras do periódico curitibano, o senhor que atendeu à polícia na frente de casa é avô da menina que convenceu as primeiras crianças e afirma: “Só quero que tudo seja esclarecido”. Ele prestou depoimento no 5.º Distrito Policial da cidade, e após ouvido, foi liberado.

O caso está sendo investigado pela polícia do Paraná. Sobre a questão de suspeita de pedofilia, nada foi informado ainda ao órgão competente – o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) – segundo o Paraná On-line.

Fonte: Geek.com.br.

ACESSE TAMBÉM:
RECADO DIGITAL – Seu site de recados para suas redes sociais na web.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!