PC gospel – roubo aos fiéis

Compartilhe esta postagem:

Atualmente existem igrejas evangélicas de diferentes denominações. Uma minória séria e a maioria enrolada, que busca enriquecer através dos fiéis ingênuos que acreditam nas pregações de seus pastores e praticam tudo ou boa parte do que eles impõem para levantar fundos para igreja. Ontem, navegando no diHIIT, me deparei com uma notícia postada no blog Uma Visão do Mundo, a qual reproduzo para vocês agora.

A mais nova forma de enrolar os fiéis é um produto chamado “PC Gospel AMD K62 – 400 Mhz”, criado pela Fundação Renascer. Criado para pessoas que estão começando no mundo da informática e sonham em ter um computador, ou aos que não necessitem de equipamentos de “última geração” para suas aplicações. Seu conteúdo se destina ao público evangélico: Bíblia on-line, discador igospel, e o fiel ainda ajuda nas obras da Fundação Renascer. É resultado de um trabalho pioneiro e inovador da PLANAC no mercado de informática, e desenvolvido através de processos exclusivos de reciclagem, isso mesmo, computador reciclado!!!

A configuração desse computador é igual a de um computador vendido há mais de 10 anos. O computador não vem com Windows, e sim com Linux (um sistema que um usuário comum não sabe mexer).

Veja abaixo a comparação entre a configuração deste dinossauro com um computador novo de baixíssimo custo (ideal para usuário iniciantes e, com certeza, diferente do PC Gospel não irá lhe deixar frustrado):

Configuração do PC Gospel:
Processador AMD K62 – 400 Mhz
Memória de 64MB
Disco rígido de 10GB
Sistema Operacional Linux
Monitor Color 14″
CD-ROM 48x
Sem placa de rede ethernet

Microcomputador Positivo Plus F158 – configuração e vantagens em relação ao PC Gospel:
Processador Intel Celeron 430 1,8 GHz – é algo em torno de 500% mais veloz.
Memória: 512 MB – Tem 8x mais capacidade de memória RAM (para rodar aplicações).
HD: 80 GB SATA, 7.200 RPM – Tem 8x mais espaço para guardar documentos, músicas, filmes, etc., e o faz mais rápido que discos mais antigos.
Sistema Operacional Windows Vista – O Windows Vista é moderno e prático para um usuário iniciante. O Linux não.
Monitor Color 15″ – O monitor é 1 polegada maior.
Gravador de CD 48 X e Gravador de DVD 16 X – Enquanto o PC gospel apenas LÊ CDs, o novo lê CD, DVD e ainda grava tanto em CD quanto em DVD.
Placa de Rede Fast Ethernet – É possível usar serviços de internet rápida (como Speedy) porque tem placa de rede (no PC do Senhor, apenas a velha e lenta linha discada).

Preços: Nas Casas Bahia, o “Microcomputador Positivo Plus F158”, até o dia de hoje (05/03/2009), custava justos R$799. Já o “PC do Senhor” custa

R$ 929,00!!!

Esse PC Gospel eu não quero nem de graça, e você? Se tem blog/site publique também esta informação (informe a fonte), não deixemos que as pessoas sejam enroladas!!!

P.S.: Segundo verifiquei hoje (08 de março) o Submarino tirou o produto do ar.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Lugirão disse:

    Castro, essas igrejas na sua maioria são empresas muito bem administradas e seus clientes são os fieis, uma pena.

    Só faço uma ressalva quanto ao Linux, sempre usei esse sistema e quando comecei a usar o computador era uma analfabeta virtual, eu recentemente fui apresentada ao Windows é não gostei, tem problemas com virus, trava, a única vantagem que vejo é que tem alguns programas que ainda não tem no linux, mas são muito poucos, claro que não tenho competência para dissecar os dois sistemas, falo apenas como usuária do linux.

    Fora isso como diria o repórter, isso é uma vergonha!

  2. Anônimo disse:

    Bacana essa notícia. Já se sabe de tantas armadilhas dessas igrejas para capturar e deixar cativo fiéis e com, isso, tirar mais dinheiro do bolso de pobres incautos. O que mais essas pseudo-igrejas serão capazes de criar?