UEMA abre 90 vagas em graduação para quilombolas, indígenas e agroextrativistas – Edital 40/2024 PROETNOS/PARFOR Equidade

Edital publicado do seletivo 2024 para cursos de graduação na UEMA para indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu e agroextrativistas.

Compartilhe esta postagem:

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) publicou o edital 40/2024 do Processo Seletivo Simplificado de Acesso aos Cursos de Licenciatura Intercultural, destinados especificamente a comunidades tradicionais e indígenas. Este processo é parte do programa PROETNOS/PARFOR 2024 – Equidade, cujo objetivo é promover a educação superior entre populações historicamente marginalizadas em contextos educacionais.

Quer RECEBER no celular as notícias de concursos, seletivos e cursos grátis? Então escolhe e clique numa das opções para seguir: Canal no WhatsApp OU Canal no Instagram OU Canal no Telegram.

O PROETNOS é o Programa de Formação Docente para atender a Diversidade Étnica do Maranhão da UEMA, que foi criado para formar e qualificar professores para assumir os processos de escolarização nos territórios dos povos e comunidades tradicionais no Estado do Maranhão garantindo assim a autonomia desses territórios, uma vez que os professores a serem formados devem ser exclusivamente oriundos das suas comunidades e povos.

Lista de cursos e vagas por cidades

  • Licenciatura Intercultural para a Educação Básica Indígena/Ciências Humanas – 30 vagas – Uema Campus Santa Inês/Aldeia Januária (Modalidade parcelada, com aulas às sextas-feiras e aos sábados)
  • Licenciatura em Educação do Campo/Ciências Humanas – 30 vagas – Campus São Luís (Modalidade de alternância)
  • Licenciatura em Educação Quilombola – 30 vagas – Campus São Bento/Oitiua (Modalidade parcelada, com aulas aos sábados e domingos)

A inscrição pode ser feita no período a partir do dia 07 de maio até dia 07 de junho de 2024, de forma presencial (comparecer pessoalmente), num dos endereços informados no edital. Será permitida inscrição on-line somente para o curso ofertado em São Luís. No ato da inscrição o candidato deve apresentar toda documentação listada no edital. Não será cobrada taxa de inscrição.

Pode participar do seletivo quem já concluiu o ensino médio e o candidato obrigatoriamente deve pertencer a uma comunidade indígena, ou quilombola, ou quebradeira de coco babaçu, ou agroextrativista. A aplicação da prova ocorrerá em 07 de julho de 2024. A prova será uma redação, não terá questões.

Esta postagem constitui um resumo básico do edital. Portanto, os candidatos interessados neste certame obrigatoriamente devem consultar todo o edital e/ou retificações disponíveis no link abaixo. Contudo, havendo divergências entre as informações desta matéria e/ou do edital, o que prevalece são as informações do edital.

Links e arquivos para acesso dos candidatos

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 15 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 6.059 notícias; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Ministério do Trabalho); Mestre em Ciência da Computação (UFMA), Doutorando em Biotecnologia (UFDPar). Em tempos de desinformação e fake news, o Castro Digital reforça o compromisso com o jornalismo de qualidade. Publico informações de forma responsável e que você pode confiar. Currículo Lattes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!