Greve dos bancários do Maranhão chega ao fim

Compartilhe esta postagem:

Os bancários da maioria das agências do Maranhão decidiram pelo fim da greve em assembleia realizada no início da noite desta segunda-feira (14), após 26 dias de greve. Em grande parte do país os bancários aceitaram as propostas, e estão voltando para o trabalho. E quem depende dos serviços de bancos, poderá voltar a usá-los normalmente.

Compartilhe no Facebook

No Maranhão, o Banco do Brasil, a CAIXA e os bancos privados voltam a funcionar, normalmente, a partir desta terça-feira (15), após 26 dias de greve. Apenas os bancos do Nordeste (BNB) e da Amazônia (Basa) mantêm a paralisação.

O Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA) dará continuidade às negociações com a parte da categoria que permanece em greve. Entre as principais propostas, a Fenaban oferece reajuste de 8% para salários e benefícios e de 8,5% para o piso salarial.

Os bancários deflagraram a greve nacional no dia 19 de setembro, depois de rejeitarem a proposta anterior dos bancos, de 6,1% de reajuste sobre todas as verbas salariais. De acordo com a Seeb-MA, houve 80% de adesão da greve da categoria no Maranhão.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor | Website

Blogueiro há 11 anos da área de Educação e Concursos, já publiquei mais de 5 mil notícias neste site; Jornalista Técnico (Registro Nº 1102-MA - Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Maranhão - SRTE-MA).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!